Steffi S. foi denunciada pelo ex-namorado; polícia encontrou dois cadáveres no local, porém a suspeita continua em liberdade pela escassez de provas

Steffi S mora com a filha Selina na cidade alemã de Benndorf; vizinhos não acreditam que ela tenha cometido o crime
Reprodução/Metro.co.uk
Steffi S mora com a filha Selina na cidade alemã de Benndorf; vizinhos não acreditam que ela tenha cometido o crime

Parece coisa de filme de terror, mas não é: uma mulher foi acusada de esconder dois bebês mortos no congelador de sua casa, na cidade alemã de Benndorf. As alegações foram feitas essa semana pelo ex-namorado dela, que está sendo identificado somente como "Uwe W", para sua proteção.

Leia também: Homem acende fogo de artifício em sua bunda e acaba se queimando inteiro; veja

De acordo com informações do jornal Metro , Uwe W acionou a polícia para que pudesse investigar o ocorrido e para que fizessem a retirada dos cadáveres dos bebês da casa de Steffi S., de 46 anos. A identidade da mulher também está sendo preservada pelas autoridades.

Investigações e descrença dos vizinhos

O rapaz afirma que telefonou para os oficiais porque sabia da existência de um cadáver no freezer. "Na casa da minha ex-namorada, tem uma criança morta", disse. Quando a polícia invadiu o local, foi surpreendida ao encontrar dois cadáveres congelados.

O porta-voz da polícia, Ralf Karlstedt, expôs que não podem excluir a possibilidade de um crime. “Ao que tudo indica Steffi é a mãe das crianças. As investigações continuam, e a autópsia será realizada em ambas as vítimas”.

Leia também: Idoso de 64 anos fica com olho "grudado" após confundir colírio com supercola

A alemã vive junto com a filha, Selina, de 15 anos. Depois do ocorrido, Steffi foi levada para a detenção, porém foi liberada em seguida, podendo retornar para casa a fim de cuidar da adolescente.

O promotor-chefe Heike Geyer acrescentou: "Até agora, há uma suspeita inicial de um crime, mas ainda está muito cedo para dizer o que de fato ocorreu. Devido à escassez de provas, não podemos mantê-la presa”.

Leia também: Igreja que tem cemitério para crianças mortas no Natal é dada como assombrada

A notícia chocou os moradores da cidade, mas foi vista com descrença pela vizinhança do bairro onde Steffi e a filha vivem. Para eles, a mulher seria incapaz de matar e manter corpos de bebês congelados em sua casa. "É inacreditável. Fui muito próximo de Steffi, ela foi uma de minhas melhores amigas por cinco anos. Eu não posso acreditar nisso”, assegura um amigo da alemã.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.