Alguns pais não usam a licença-paternidade e voltam a trabalhar logo após o nascimento dos filhos. Porém, não são todos que acabam na prisão por isso

O homem foi preso quando a polícia descobriu que ele 'recusou sua licença maternidade' e continuou com seu negócio
Reprodução/Springfield News-Sun
O homem foi preso quando a polícia descobriu que ele 'recusou sua licença maternidade' e continuou com seu negócio



O nascimento de um filho costuma ser um momento mágico para os pais. Na maternidade, eles até se esquecem de todos os outros detalhes de suas vidas para focar nos primeiros instantes desta nova vida que chega ao mundo. Entretanto, o "papai" Cody Hulse, morador da cidade de Greensburg, nos Estados Unidos, não conseguiu deixar o seu "trabalho" de lado e decidiu vender heroína dentro do hospital onde sua filha nascera.

Leia também: Após 'rolezinho' para encontrar mulheres e fumar maconha, presos voltam à cadeia

De acordo com o jornal Springfield News-Sun , o homem foi preso na última quinta-feira (19), apenas algumas horas após o nascimento de sua filha. Segundo informações da polícia, as autoridades visualizaram alguns pacotes de heroína em um carro, e quando perguntaram ao responsável onde ele conseguira as drogas, a resposta os levou ao quarto 511 da maternidade Excela Health Westmoreland.

Hulse, que colaborou com as investigações da polícia e foi a julgamento na última sexta-feira (20), revelou ter problemas com drogas e explicou toda a logística de seu “comércio”. De acordo com o mesmo jornal, ele escondeu os opióides e os vendeu para algumas pessoas que visitaram sua filha no hospital.

A namorada do vendedor, cujo nome não foi divulgado, alegou não saber do “negócio” de seu parceiro. Entretanto, ela disse ter conhecimento de seus problemas relacionados a alguns tipos de drogas .

Nascimentos peculiares

Este, porém, não foi o primeiro "recém papai" a ser preso nos Estados Unidos. Em um caso na Louisiana, por exemplo, ao entrar em trabalho de parto antes do esperado, Bridget Evans precisou ser levada às pressas para o hospital. Preocupado com a saúde de sua esposa, Zak Evans não pensou duas vezes antes de pisar fundo no acelerador.

O que não esperavam era que a infração de trânsito terminaria com o pai da família na cadeia : afinal, no meio do caminho, policiais perceberam que o veículo estava acima do limite de velocidade e impediram o casal de prosseguir sua viagem. Segundo o portal KALB,  Bridget foi levada à maternidade por uma ambulância e Zak foi preso.

Leia também: Filhote de lobisomem? Foto de "criatura misteriosa" viraliza em todo o mundo

Sua estadia na cadeia, porém, não durou muito. Depois de uma ligação do hospital, os policiais liberaram Zak, que correu para a maternidade com o objetivo de dar todo o suporte para a sua esposa. Mas ele chegou um pouco atrasado, e ao entrar no quarto, descobriu que sua filha já tinha nascido. No caso do vendedor de heroína, pelo menos o pai conseguiu presenciar o nascimento da filha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.