Complicações durante o procedimento, que tinha como objetivo colorir parte do olho da mulher canadense, a deixaram parcialmente cega; entenda

Agora, a modelo está passando por diversas consultas médicas para tentar reverter seu caso devido à tatuagem ocular
Reprodução/Facebook Catt Gallinger
Agora, a modelo está passando por diversas consultas médicas para tentar reverter seu caso devido à tatuagem ocular


Uma modelo canadense está parcialmente cega por causa de uma tatuagem ocular que deu errado. No Facebook, Catt Gallinger, de 24 anos, explicou que o objetivo era colorir uma de suas escleras – partes brancas dos olhos – porém, complicações durante o procedimento causaram grandes problemas à sua saúde.

Leia também: Mãe "captura" fantasma ao lado do filho ao usar máscara do Snapchat

Tudo parecia correr bem, até a tinta roxa da tatuagem ocular começar a “escapar” de seus olhos durante o procedimento. Neste momento, Gallinger percebeu que algo estava errado. A modelo procurou um centro médico e, depois de ser atendida, foi informada pela equipe do hospital que nunca poderá recuperar totalmente a sua visão. A notícia abalou sua saúde mental.

De acordo com o Independent , os médicos acreditam que os equipamentos utilizados para realizar o procedimento não estavam bem esterilizados e, assim, podem ter causado uma grave infecção. Gallinger, por outro lado, explicou que o problema foi causado por "pouca diluição da tinta" e mensuração errada na hora de aplicar as injeções.


Em postagens recentes, a canadense explicou que está em constante tratamento , se consulta semanalmente com especialistas e já teve que tomar antibióticos e esteróides para lidar com o problema. Quanto à dor, agora, há momentos de grande incômodo e períodos em que a dor é atenuada. Entretanto, sua visão continua comprometida.

Leia também: Casal canibal é preso por esquartejar, congelar e jantar 30 pessoas na Rússia

Um alerta

A modelo teve que pausar a sua carreira e decidiu postar atualizações de seu caso sempre que possível em sua página no Facebook. Ela explicou que seu objetivo é alertar as pessoas quanto aos riscos do procedimento, para que, a partir disso, elas busquem as referências dos profissionais que se propõem a fazer as tatuagens.

Leia também: Mulher com fobia de aranhas encontra teia gigante em seu jardim na Austrália

"Por favor, sejam cautelosos e façam pesquisas antes de realizarem a tatuagem ocular. Eu não quero que isso aconteça com mais ninguém", disse na rede social.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.