Segundo a Marinha, esse foi o primeiro teste com esse tipo de míssil; exibição de força acontece em momento de tensão no estreito

A Marinha do Irã afirmou neste domingo que testou um míssil de alcance médio durante importantes manobras navais que o país executa no estratégico Estreito de Ormuz, por onde passa cerca de um quinto do petróleo utilizado em todo mundo.

Leia também:
- Obama promulga novas sanções contra o Irã

- Irã ameaça fechar Estreito de Ormuz se sofrer novas sanções

Barco iraniano testa míssil em manobra no Mar de Omã (30/12)
AP
Barco iraniano testa míssil em manobra no Mar de Omã (30/12)

"Esse míssil de alcance médio terra-ar está equipado com a mais moderna tecnologia de combate contra alvos com capacidade para evitar radares e sistemas inteligentes que tentam interferir na navegação dos mísseis", declarou o comodoro Mahmud Mussavi.

Esse foi o primeiro teste com esse tipo de míssil, projetado e fabricado no Irã, segundo o militar. Mussavi não deu detalhes sobre quando o míssil foi testado e se seu disparo ocorreu a partir de um navio ou da terra.

A exibição de força acontece no momento em que os Estados Unidos e os países ocidentais aumentam a pressão sobre o Irã por seu polêmico programa nuclear. A adoção de sanções mais rígidas ocorreu após a divulgação de um relatório da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) que, pela primeira vez, afirmou que o país persa trabalha para obter armas nucleares, o que Teerã vem negando repetidamente.

Nessa semana, o Irã ameaçou bloquear o Estreito de Ormuz se os EUA e seus aliados ocidentais adotassem mais retaliações contra o país. O Pentágono reagiu , afirmando que tal atitude não seria tolerada.

Saiba mais: Irã rejeita advertências dos EUA sobre bloqueio do Estreito de Ormuz

No sábado, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, promulgou uma lei de financiamento do Pentágono que reforça as sanções contra o setor financeiro do Irã.

Com AP e AFP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.