Martin Luther King ganha monumento em Washington

Ativista negro será homenageado com estátua de nove metros em frente ao Congresso dos Estados Unidos

BBC |

selo

O líder negro Martin Luther King será o primeiro afro-americano a ganhar um monumento no National Mall, o parque que fica em frente ao Congresso dos Estados Unidos, em Washington.


O monumento de nove metros de granito, que será inaugurado domingo, está provocando controvérsia, por parecer severo demais. Mas o que torna o debate mais emotivo é a história por trás da estátua.

Em 28 de agosto de 1963, Luther King reuniu milhares de americanos para seu famoso discurso: "Eu tenho um sonho". Cinco anos depois, ele foi morto. O assassinato provocou distúrbios em várias cidades americanas.

Quatro décadas depois da militância de Luther King, que resultou no fim das leis raciais nos EUA, a sociedade sonhada pelo ativista ainda não se concretizou plenamente. A renda das famílias brancas é, na média, muito superior a dos negros.

Mas muita coisa também mudou, inclusive na Casa Branca, agora endereço de Barack Obama, o primeiro afro-americano a presidir os EUA.

    Leia tudo sobre: martin luther kingeuacongressowashington

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG