Jornalistas soterrados pedem ajuda por celular após novo tremor na Turquia

Profissionais estavam em hotel que desabou em Van após terremoto de 5,6 graus que deixou pelo menos sete mortos

BBC Brasil |

selo

Jornalistas que ficaram soterrados em um hotel que desabou durante um terremoto na Turquia conseguiram usar telefonar celulares para pedir ajuda das equipes de resgate. A informação foi relatada nesta quinta-feira à televisão turca Haber Turk por um cinegrafista da agência de notícias Cihan.

O cinegrafista Ozgur Gunes disse que os jornalistas estavam hospedados no hotel Bayram, um de dois hotéis da cidade de Van que desabaram após um novo tremor de 5,6 pontos de magnitude na região na quarta-feira. Eles ainda não foram resgatados.

AP
Equipes resgatam sobrevivente que ficou preso em escombros de hotel que desabou após tremor em Vab, na Turquia (10/11)

As equipes estão tentando abrir túneis em meio aos escombros, para retirar as pessoas soterradas. A agência de notícias turca Dogan disse que dois de seus jornalistas estão desaparecidos. As equipes de resgate conseguiram salvar uma japonesa que estava soterrada no hotel Bayram por seis horas.

Novos tremores

Cerca de 40 repórteres estavam hospedados no Bayram para cobrir a reconstrução de Van após um forte terremoto que atingiu a região no mês passado . O proprietário do hotel acredita que 27 pessoas estavam no hotel no momento.

O repórter da BBC na Turquia Jonathan Head disse que muitos prédios que estavam com risco de desabar após os tremores de outubro caíram na quarta-feira. Ao todo, 26 prédios desabaram, mas apenas três estavam ocupados.

Os tremores de quarta-feira foram menos intensos do que os de outubro, mas o epicentro foi mais próximo da região central de Van.

Equipes de resgate disseram que 23 pessoas foram salvas com vida, mas que mais de cem continuam desaparecidas.

Até o momento, eram sete os mortos no novo tremor. No terremoto de outubro, de 7,2 pontos de magnitude, mais de 600 pessoas morreram .

Um representante do Crescente Vermelho disse à BBC que a entidade está enviando mais dois aviões com mantimentos para área, como tendas e cobertores, além de trabalhadores de resgate. Milhares de pessoas atingidas pelo terremoto de outubro ainda estão dormindo em barracas na rua, apesar do intenso frio.

A Turquia é vulnerável a terremotos por estar situada sobre uma grande falha geológica. Em 1999, dois terremotos com mais de sete pontos de magnitude mataram quase 20 mil pessoas no noroeste do país.

    Leia tudo sobre: terremoto na turquiaturquiatremorterremoto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG