Tamanho do texto

Ventos de até 270 km/h e fortes chuvas causam destruição e já fazem mortos no território filipino; tufão avança sobre sudeste do país neste sábado (15)

O tufão Mangkhut tem força de um furacão de categoria 5, e atingiu as Filipinas neste sábado (15)
Reprodução/Twitter Jim Edds
O tufão Mangkhut tem força de um furacão de categoria 5, e atingiu as Filipinas neste sábado (15)

Pelo menos duas pessoas morreram devido ao tufão Mangkhut, que atingiu o território das Filipinas na manhã deste sábado (15), trazendo ventos ferozes e fortes chuvas. As duas vítimas fatais são mulheres, segundo informou a CNN , depois de uma encosta desabar sobre elas.

O tufão Mangkhut é a tempestade mais forte de 2018, e atingiu a ilha de Luzon por volta da 1h40 da madrugada deste sábado, no horário local (cerca de 12h da sexta-feira, em Brasília). Ao atravessar a ilha, os ventos registrados chegaram a 270 km/h – o que significa que foram 120 km/h mais fortes do que aqueles registrados nos Estados Unidos com o furacão – agora tempestade tropical – Florence .

Embora o número de mortes possa aumentar, é relatado certo “alívio” nas Filipinas porque os danos causados pelo tufão não são tão grandiosos quanto era esperado. “Sinceramente, nós estávamos aguardando algo pior do que isso”, afirmou à CNN Edgar Posadas, porta-voz do Conselho Nacional de Gerenciamento de Riscos e Redução de Desastres (NDRRMC, na sigla em inglês).

“Estava rezando, preocupado em termos muitas ‘baixas’. Mas eu acho que depois do Yolanda, depois do Haiyan [nome internacional para o tufão Yolanda], existem muitas coisas que aprendemos em termos de prevenção, preparação, alertas precoces, evacuações preventivas... e isso foi um longo percurso”, apontou.

Mais de seis mil pessoas morreram depois do supertufão Yolanda ter atingido as Filipinas há cinco anos, o pior em uma geração. Aquela tempestade fez com que quatro milhões de pessoas evacuassem de suas casas, e muitos dos sobreviventes ficaram sem comida, água e remédios quase que imediatamente depois de sua chegada.

Leia também: Aquários são abandonados com aproximação do furacão Florence nos EUA

Como o  Mangkhut irá atingir a parte sudeste do país, ainda há temores de que mais pessoas possam ter morrido nas últimas horas. Ricardo Jalad, diretor executivo do NDRRMC, disse à CNN que as vítimas eram membros das equipes de resgate e que houve 51 deslizamentos de terra em toda a região da ilha de Luzon como resultado da tempestade.

Tufão gera alerta em outros países asiáticos

Tufão nas Filipinas é mais forte que furacão Florence, agora tempestade tropical, nos EUA
Reprodução/CNN
Tufão nas Filipinas é mais forte que furacão Florence, agora tempestade tropical, nos EUA

O olho do tufão Mangkhut agora está sobre a água no Mar da China Meridional e segue em direção a Hong Kong e ao sul da China. O Observatório de Hong Kong disse que um aviso de tempestade foi emitido no domingo, quando Mangkhut se aproximava da cidade. Foi avisado à população para ficar alerta, pois o tufão estará mais próximo por volta das 12h do domingo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.