Vítima que não teve a identidade divulgada estava voltando do trabalho quando foi abordada; ela se encontra no hospital e suspeito está foragido

Adolescente que não teve identidade divulgada estava voltando do trabalho quando foi abordada e atacada com faca
Reprodução/Mirror
Adolescente que não teve identidade divulgada estava voltando do trabalho quando foi abordada e atacada com faca

Uma adolescente foi atacada e teve uma faca cravada em sua bochecha na noite da última terça-feira (8) após voltar do trabalho. De acordo com o Mirror , a vítima de 19 anos, que não teve a identidade divulgada, caminhava em uma rua de Bukit Tengah, na Malásia, quando um homem a abordou.

Leia também: Russa é encontrada morta e mutilada após pegar carona por meio de aplicativo

A polícia local informou que a mulher teve a faca enfiada abaixo do olho direito após reagir a um assalto, em que teve a bolsa roubada. Ela foi socorrida por transeuntes e levada pelos oficiais para o Hospital Bukit Mertajam, onde permanece em observação e se recuperando do ataque.

O ataque com a faca de cozinha e identificação do suspeito

Uma testemunha que estava no local no momento do crime contou à imprensa malaia que a vítima andava por um “beco escuro” quando um homem a encurralou e a agrediu.

“Ela parecia brigar com o homem, que tentava pegar seus objetos de valor. Depois de alguns minutos relutando, ele esfaqueou o rosto dela e saiu correndo levando uma bolsa. Ela ficou muito machucada, sangrava muito. As pessoas que passavam pela rua onde foi atacada prestaram socorro”, disse.

Leia também: Empresário é preso por abuso sexual de menina de 10 anos em sala de cinema

O comissário-chefe da Polícia do Distrito Central de Seberang Perai, Nik Abdul Hamid, confirmou o caso e comunicou estar à procura de um "rapaz musculoso" que assaltou a mulher.

“A vítima, que é de Chai Leng Park, em Perai, sofreu ferimentos no abdômen e no pescoço. Sua bochecha direita também ficou gravemente machucada após o suspeito ter cravado uma faca de modo tão profundo",  expôs.

Segundo Hamid, a jovem de 19 anos continua realizando tratamentos de emergência no hospital, onde a equipe de investigação vai com frequência para conversar com ela sobre o ocorrido.

Leia também: “Meu cachorro deu um tiro em mim”, afirma norte-americano após acidente em casa

“Fomos até o local do crime, e identificamos que há um estacionamento atrás de um centro comercial e muitas luzes na rua. Estamos coletando e analisando as imagens das câmaras de segurança de ruas próximas e continuamos procurando por testemunhas oculares para nos auxiliar na investigação. Pedimos para quem presenciou o ataque com a faca entre em contato”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.