Caique Trindade estava em Dublin desde de fevereiro deste ano; colegas de quarto do jovem contaram a mãe dele que o intercambista não parecia bem

Caique Trindade de Oliveira estava em intercâmbio na Irlanda desde fevereiro deste ano
Reprodução/ Facebook
Caique Trindade de Oliveira estava em intercâmbio na Irlanda desde fevereiro deste ano

Um brasileiro de 24 anos está desaparecido há uma semana em Dublin, na Irlanda. Caique Trindade de Oliveira havia viajado em fevereiro deste ano para trabalhar e estudar na capital irlandesa. Por meio das redes sociais, a mãe do jovem que fazia intercâmbio, Valclecia Trindade, explicou que foi avisada sobre o desaparecimento do rapaz por meio dos colegas de quarto de Caique.

Leia também: Casal de turistas é procurado pela polícia após ser visto fazendo sexo em praia

Valclecia relata ainda que a carteira de Caique foi encontrada no dia seguinte ao seu desaparecimento próximo a um mercado no bairro onde ele estava morando. De acordo com a mãe do jovem, ela e os familiares entraram em contato com a polícia local “que tem prestado total apoio” em busca do brasileiro que fazia intercâmbio .

Para acompanhar as buscas pelo filho, Valclecia saiu de São Paulo e viajou para Irlanda na última quarta-feira (7). Ao jornal irlandês The Irish Times  a mãe de Caique afirmou que os companheiro de quarto do jovem disseram que o brasileiro não estava bem e, por isso, decidiu fazer a viagem.

Leia também: Ex-espião russo foi intoxicado por agente químico; May ameaça boicote à Copa

Mãe de Caique está na Irlanda procurando o filho
reprodução/ Whatsapp
Mãe de Caique está na Irlanda procurando o filho

"Eles me disseram que ele estava um pouco desorientado e que ele estava rindo em um minuto, mas chateado no próximo. Foi quando eu decidi viajar e trazê-lo de volta para o Brasil comigo", disser Valclecia ao jornal irlandês com o auxilio de um tradutor.

Ajuda de brasileiros

Ao The Irish Times , a mãe de Caique contou que tem recebido apoio da comunidade de brasileiros em Dublin. "Mesmo sendo uma situação muito difícil a que estou passando e não falo o idioma, encontrei pessoas aqui que estão cuidando de mim”, afirmou.

Valclecia pediu ainda para que as pessoas que souberem de qualquer informação entre em contato com a polícia local. "Ele é meu filho, eu simplesmente o amo muito e quero levá-lo de volta para casa comigo", disse.

Leia também: Avião pega fogo e cai em aeroporto do Nepal com 71 pessoas a bordo

Em nota, o Itamaraty disse que “o consulado do Brasil em Dublin está ciente do caso e presta apoio à família” do jovem que fazia intercâmbio. “O consulado também acompanha as investigações conduzidas pela polícia irlandesa”, afirma a nota.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.