Presidente do país anunciou que acidente está sendo considerado uma tragédia nacional; estudantes mortos tinham entre 12 e 13 anos de idade

Acidente com ônibus na Tanzânia deixou 32 crianças mortas; três professores também morreram no episódio
Reprodução/Metro
Acidente com ônibus na Tanzânia deixou 32 crianças mortas; três professores também morreram no episódio

Mais de 30 crianças morreram na manhã deste sábado (6), devido a um acidente com um ônibus escolar, no norte da Tanzânia.

Leia também: Atropelada pelo próprio carro, senhora é encontrada nove dias depois do acidente

De acordo com o site britânico Metro, o acidente deixou pelo menos 32 crianças , três professores e o motorista do ônibus mortos. Outros alunos, que também estavam dentro do ônibus no momento do acidente, continuam gravemente feridos. 

Segundo a polícia, devido a uma chuva forte, o veículo deve ter saído da pista próximo à cidade de Karatu, na região de Arusha, e caído em um rio.

Os estudantes que morreram tinham entre 12 a 13 anos. "Perdemos 29 estudantes e dois de nossos funcionários, e o motorista morreu também", disse mais cedo Innocent Mushi, diretor da Escola Primária Lucky Vincent.

Mais tarde, a polícia confirmou o falecimento de três outros alunos e de um terceiro professor, que estavam feridos gravemente.

Apesar da suspeita a respeito do mau tempo, a polícia segue investigando quais seriam as demais possíveis causas para o acidente.

Leia também: Acidente em escada rolante deixa ao menos 18 feridos em Hong Kong

O presidente da Tanzânia, John Magufuli, afirmou em um comunicado oficial que o acidente que aconteceu na região de Arusha está sendo considerado uma tragédia nacional. 

Segurança rodoviária deficiente

No entanto, essa não é a primeira vez que um acidente choca o país. Mais de 11 mil pessoas morreram em acidentes rodoviários na Tanzânia entre 2014 e 2016, de acordo com dados do governo local.

Embora a Tanzânia seja a segunda maior economia da África Oriental, o país tem uma rede de segurança rodoviária muito deficiente. Mesmo assim, os ônibus continuam sendo a principal forma de transporte público entre as cidades.

Em 2015, mais de 20 pessoas morreram quando o ônibus em que viajavam caiu no rio Kiwira, na região planáltica de Mbeya, no sul da Tanzânia.

Leia também: Marginais de SP registram 60% mais acidentes após aumento de velocidade

Na ocasião, fontes revelaram que o veículo ficou fora de controle enquanto atravessava uma ponte sobre o rio. Nesse acidente, porém, não haviam vítimas crianças. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.