Donald Trump rebate crítica e chama papa Francisco de "vergonhoso"

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Pontífice alfinetou republicano ao dizer que "uma pessoa que pensaem construir muros em vez de pontes não é cristã"

Trump:
Divulgação
Trump: "Papa rezaria para que eu tivesse sido eleito caso Vaticano seja alvo de ataque terrorista"

O pré-candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos Donald Trump reagiu nesta quinta-feira (18) às críticas do papa Francisco e classificou a atitude do pontífice como "vergonhosa".

Antes de embarcar de volta ao Vaticano após visita ao México, o papa alfinetou o republicano durante conversa com jornalistas. "Uma pessoa que pensa apenas em construiur muros, onde quer que seja, em vez de construir pontes, não é uma pessoa cristã", disse o pontífice, conforme informou a BBC britânica.

A afirmação faz referência à proposta de Donald Trump de construir um muro entre o México e os Estados Unidos.

O pré-candidato republicano se irritou com o comentário e disparou de volta. "Um líder religioso questionar a fé alheia é vergonhoso. Eu tenho orgulho de ser cristão", bradou Trump, conforme noticiado pela rede TMZ.

O empresário e ex-apresentador de um reality show americano disse ainda que o Papa Francisco está sendo "manipulado" pelas autoridades mexicanas com quem o pontífice se enconstrou tudante a última semana.

"Se um dia o Vaticano for atacado pelo Estado Islâmico, que é algo que todos sabem que é o desejo dessa facção, eu tenho certeza que o papa desejaria e rezaria somente para que Donald Trump tivesse se tornado presidente, porque isso não iria acontecer", afirmou o republicano.

Leia tudo sobre: Donald TrumpPapa FranciscoEUA

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas