Três ativistas do grupo Femen interromperam o discurso da líder do partido de extrema-direita Frente Nacional

Três ativistas do grupo Femen interromperam o discurso da líder do partido de extrema-direita Frente Nacional, Marine Le Pen, nesta sexta-feira (01) em Paris.

Elas pintaram no corpo as frases "Heil Le Pen", em referência à saudação nazista de Adolf Hitler e gritavam que a política francesa é "fascista". As mulheres foram retiradas rapidamente do local por agentes de segurança e Le Pen continuou com seu discurso.

A presidente do Frente Nacional voltou a atacar os imigrantes que moram na França e os políticos do país pelas medidas econômicas tomadas até o momento. Seu pai, Jean-Marie, não pode fazer seu tradicional discurso no dia 1º de maio por ordens da filha e deixou o local na hora que Marine começou a discursar.




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.