Ruth Vaughan, de 25 anos, dava aulas de designer e tecnologia na Oakham School, uma escola de classe alta na Inglaterra

Uma jovem professora de ensino médio na Inglaterra não poderá mais dar aulas, segundo determinação juridíca, por ter beijado um aluno na formatura e ter mantido relações sexuais com ele nos meses seguintes.

Ruth Vaughan, professora
Reprodução/Facebook
Ruth Vaughan, professora "abusou de sua posição" segundo justiça

Ruth Vaughan dava aulas de designer e tecnologia em Oakham School, onde ganhava mais de 30.000 libras por ano.

No baile de formatura, em 2013, a professora começou a ter um caso com ex-aluno – seis anos mais novo que ela –, onde se beijaram e trocaram telefone. No mês seguinte, eles se encontraram na universidade que o rapaz havia acabado de ingressar e tiveram relações sexuais nas dependências do campus.

Em audiência, a professora confirmou a história, mas alegou que as relações íntimas só começaram quando o jovem havia saído do colégio. 

Leia mais:
Professora dos EUA é presa acusada de fazer sexo com seis alunos adolescentes
Professora é presa sob acusação de ter feito sexo com menor
Professora aparece bêbada e faz strip em escola nos Estados Unidos

A justiça decidiu que Ruth abusou de sua posição de confiança, mesmo que o aluno houvesse se formado e fosse maior de 18 anos quando tiveram as relações sexuais. O escândalo ganhou grandes proporções na Oakham School, que é uma tradicional escola da classe alta inglesa.

Outro caso: Professora é suspensa após pousar para ensaio sensual:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.