Milicianos xiitas tomam complexo presidencial do Iêmen

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Nessa segunda-feira (19), os confrontos deixaram nove mortos e 67 feridos, incluindo civis

Agência Brasil

Milicianos xiitas do movimento Huthi tomaram nesta terça-feira (20) o complexo presidencial do Iêmen, informou uma fonte militar. De acordo com testemunhas, houve combates perto da residência do chefe de Estado, Abd Rabbuh Mansur Al Hadi.

Nessa segunda-feira (19), combatentes da milícia xiita Ansaruallah cercaram a residência do primeiro-ministro Khaled Bahah em Sana, capital do país, após confrontos que permitiram reforçar o domínio do grupo sobre a capital iemenita. Os confrontos deixaram nove mortos e 67 feridos, incluindo civis.

A Ansaruallah tomou, no dia 21 de setembro, o controle de uma grande parte de Sana, controlando a televisão pública iemenita e a agência noticiosa oficial Saba.

Os combates de segunda-feira ocorreram dois dias depois do sequestro, pelas milícias xiitas, do chefe de gabinete do presidente e um dos arquitetos do projeto da nova Constituição, Ahmed Awad bin Mubarak. O texto prevê um Iêmen composto por seis regiões, o que as milícias xiitas contestam.

Milicianos xiitas tomam palácio e atacam casa do presidente do Iêmen
AP
Milicianos xiitas tomam palácio e atacam casa do presidente do Iêmen


Leia tudo sobre: Iêmenpresidentemilicianosxiitas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas