Papa Francisco atinge 10 milhões de seguidores no Twitter

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

"Queridos seguidores eu entendo que agora há mais de 10 milhões de vocês!", escreveu o pontífice em suas contas

Reuters

O papa Francisco comemorou a marca de 10 milhões de seguidores no site de mensagens Twitter neste domingo, um momento histórico em meio a esforços do Vaticano para disseminar o Evangelho por meio de mídias sociais.

Conheça a nova home do Último Segundo

AP
Papa Francisco acena para os fiéis na praça perto da Barsílica de São Francisco, em Assis, Itália

"Queridos seguidores eu entendo que agora há mais de 10 milhões de vocês!", escreveu o pontífice em suas nove contas, que publicam simultaneamente em línguas incluindo latim, polaco e árabe.

"Eu agradeço a vocês com todo o meu coração e peço que continuem orando por mim", continuou.

O primeiro papa não-europeu em 1,3 mil anos triplicou o número de seguidores das contas @pontifex desde que sucedeu Bento 16 em março, de acordo com o Vaticano, que anunciou que Francisco atingiu a marca de 10 milhões após somar o número de seguidores de todos os perfis.

Mais: Papa ordena saída de 'bispo de luxo' de diocese da Alemanha

Isso torna o pontífice mais popular que o New York Times e logo atrás do rapper Kanye West, de acordo com sites.

Mas ele ainda precisa tuitar muito antes de alcançar as três pessoas mais seguidas no Twitter: as estrelas do pop Justin Bieber, Katy Perry e Lady Gaga, que têm mais de 40 milhões de seguidores cada.

O Vaticano tem interesse de longa data em usar as mais recentes tecnologias para manter contato com os 1,2 bilhão de católicos do mundo e disseminar a fé.

Leia tudo sobre: papafranciscopapa franciscotwitter

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas