Forte terremoto deixa mortos e feridos em zona rural na China

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Tremor de 6,6 graus de magnitude deixou ao menos 75 mortos, 14 desaparecidos e 459 feridos perto de Dingxi

Um forte terremoto atingiu uma zona rural da China próxima à cidade de Dingxi na manhã desta segunda-feira, deixando ao menos 75 mortos, 14 desaparecidos e 459 feridos, informou o governo local.

Mais: Medo de corrupção faz chineses doarem para instituições após terremoto

AP
Equipes de resgate retiram os destroços de uma casa destruída pelo terremoto a noroeste da China

O terremoto atingiu as localidades de Minxian e Zhangxian, cerca de 170 km a sudeste da capital provincial Lanzhou, às 7h45 desta segunda-feira (20h45 de domingo no horário de Brasília), informou a agência oficial de notícias Xinhua.

Segundo a agência Xinhua, entre os feridos, ao menos 296 estão em estado grave. 

Infográfico: Entenda como acontecem os terremotos e tsunamis

Residentes afirmaram que o tremor durou cerca de um minuto, mas foi forte suficiente para provocar estragos em áreas urbanas, onde prédios são construídos com materiais mais fortes. "Era possível ver os lustres e as janelas vibrando e fazendo barulho, mas não há rachaduras nas paredes. Assistentes de venda saíram correndo nas ruas quando o terremoto começou", disse uma recepcionista do Hotel Wuyang no condado Zhang, localizado a 40 km do epicentro.

Também foram sentidos tremores na capital da província de Lanzhou, 177 km ao norte, e em Xi'an, a 400 km ao leste. O centro de monitoramento de terremotos afirmou que o tremor teve início às 7h45 com uma magnitude de 6,6, seguido de outros com magnitude 5,6.

Segundo o centro, ele teve 20 km de profundidade, enquanto o centro Ganzu de terremotos afirma que esse número é de 6 km. O Serviço Geológico dos EUA mediu a magnitude do terremoto inicial em 5,9 e a profundidade em 10 km.

*Com AP e Reuters

Leia tudo sobre: chinaterremototremorgansu

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas