Pedaço de trem de pouso de avião do 11 de Setembro é encontrado em Nova York

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Peça de 1,5 metro tem número visível de identificação de um Boeing e foi encontrada em local de mesquita que desatou polêmica em 2010 nos EUA

Um pedaço de 1,5 metro de um trem de pouso que, acreditam autoridades, seja de um dos aviões usados nos ataques do 11 de Setembro foi descoberto entalado entre o local de uma mesquita e outro prédio perto do World Trade Center.

Infográfico: Veja cronologia dos ataques do 11 de Setembro

AP
Foto divulgada pelo Departamento de Polícia de Nova York mostra pedaço de trem de pouso que autoridades acreditam ser de um dos aviões do 11 de Setembro

Saiba mais: Veja o especial de 10 anos do 11 de Setembro

A peça inclui um número visível de identificação de um Boeing, disse o porta-voz do Departamento de Polícia de Nova York , Paul Browne, nesta sexta-feira. O metal retorcido e enferrujado tem cabos e alavancas, com aproximado 0,9 metro de largura e 0,5 metro de profundidade.

'The Falling Man': Mergulho para a morte é tabu do 11 de Setembro

Última resgatada do 11 de Setembro: A religião foi minha terapia

O pedaço de equipamento foi descoberto na quarta por pesquisadores que inspecionavam o local de um planejado centro de comunidade islâmica no sul de Manhattan a pedido do proprietário do prédio, disse a polícia. Os inspetores chamaram os policiais que isolaram o cenário, documentando o que encontraram por meio de fotos.

O local onde o trem de pouso foi achado fica a cerca de três quarteirões do Marco Zero (onde ficavam as Torres Gêmeas do World Trade Center destruídas nos ataques). Quando planos para a mesquita e o centro comunitário foram primeiramente anunciados há três anos, oponentes protestaram com o argumento de que colocar uma instalação islâmica perto do Marco Zero era uma mostra de desrespeito. Os partidários do projeto citaram a liberdade de religião e disseram que o local não ficava muito perto de onde os extremistas islâmicos atacaram em 2001.

Em 2011: Responsáveis por centro islâmico em Nova York tentam nova estratégia

O escritório de medicina legal completará uma avaliação de saúde e segurança para determinar se examinará o solo ao redor dos prédios para tentar encontrar possíveis restos mortais humanos, disse a polícia.

*Com AP

Leia tudo sobre: 11 de setembrowtcnova yorkmesquitamanhattantorres gêmeas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas