Aeroporto de Heathrow cancelou 20% de seus voos e as companhias aéreas cancelaram 40% dos voos para os principais aeroportos de Paris; neve começou a cair na sexta-feira

Reuters

Reuters

O aeroporto Heathrow, de Londres, cancelou 20% de seus voos e as companhias aéreas cancelaram 40% dos voos para os principais aeroportos de Paris, enquanto a neve continua a cobrir partes da Europa, sem previsões de melhora.

A operadora Heathrow Ltd. , que é controlada pela espanhola Ferrovial, disse que reduzir a escala - em cerca de 250 voos - ajudaria a lidar com a queda de neve prevista sem fazer novos cancelamentos.

"Há uma grande probabilidade de cerca de dois a seis centímetros de acumulação de neve e de baixa visibilidade ao longo do dia", disse um porta-voz do Heathrow.

"Isso vai reduzir a capacidade do aeroporto e, se providências não forem tomadas, gerará interrupções significativas para os passageiros e para os voos."

Leia também:  Neve atinge Europa e França entra em estado de atenção

A operadora do aeroporto de Paris, a ADP, disse que as companhias aéreas cancelaram cerca de 40% dos voos de e para os principais aeroportos dos arredores de Paris - Charles de Gaulle e Orly - reduzindo principalmente os serviços de curta distância.

Os aeroportos menores de Londres, Stansted e Gatwick, afirmaram que estão operando normalmente neste domingo, mas que atrasos e alguns cancelamentos são aguardados.

Meteorologistas prevêem que a neve deve continuar ao longo do domingo e da segunda-feira.

Em média, cerca de 1.300 voos deixam Heathrow diariamente. O aeroporto, o mais movimentado da Europa, opera perto de sua capacidade máxima, após o governo britânico bloquear o desenvolvimento de uma terceira pista em 2010.

Neve, uma raridade na cidade turística mais popular do mundo, começou a cair na noite de sexta-feira com uma onda de frio atingindo muitas partes da Europa. Meteorologistas previram outra queda em grande parte do norte da França no domingo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.