USP abre inscrições para a Fuvest 2012 nesta sexta

Estudantes têm duas semanas para se inscrever e disputar uma das 10.952 vagas disponíveis. Taxa custa R$ 120

Cinthia Rodrigues, iG São Paulo | 26/08/2011 07:00 - Atualizada em 07/09/2011 18:34

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Interessados em começar a estudar na Universidade de São Paulo (USP) em 2012 devem fazer a inscrição na Fuvest até o dia 9 de setembro. É necessário pagar uma taxa de R$ 120.

No processo seletivo aberto estão disponíveis 10.952 vagas, 200 a mais do que no ano passado por conta do início de cinco novos cursos: três de engenharia (um Ambiental, outro de Produção e o terceiro de Física), no campus de Lorena, e os de Ciências Biomédicas e Saúde Pública, em São Paulo, todos com 40 vagas cada.

No ano passado, quando estavam em disputa, 10.752 vagas, se inscreveram 132.993 pessoas, incluindo os 10 mil treineiros que não concorrem de fato.

O Manual do Candidato pode ser acessado eletronicamente, desde o dia primeiro deste mês, nos sites www.fuvest.br ou www.fuvest.com.br. As inscrições só poderão ser feitas nesse último site.

Vestibular mais difícil
Este ano, foram aprovadas uma série de mudanças para tornar o vestibular da USP mais seletivo. As principais são: a nota de corte mínima para passar à 2ª fase subiu de 22 para 27 pontos entre os 90 possíveis; a quantidade de pessoas que vão para a última etapa também será reduzida de acordo com as vagas, antes eram três estudantes por lugar e agora serão entre 2 e 3 candidatos; e a nota da primeira fase volta a valer no resultado final, mas apenas como peso de um quarto do final.

Outra mudança em relação aos vestibulares anteriores é que houve uma aumento no número de vagas oferecidas para as carreiras de “Treineiros”, para evitar que estudantes se inscrevam como candidatos e, caso aprovados, atrasem o processo de matrícula. A Fuvest oferece três opções para essas “carreiras” fictícias nas áreas de Exatas, Humanas e Biológicas, exclusivas para os estudantes que não terminarão o ensino médio a tempo de matrícula. Em cada uma delas, são oferecidas 300 vagas, 50 a mais do que o ano passado.

Pouca procura por isenção
Este ano, apenas 8 mil pessoas conseguiram a isenção da taxa de inscrição. Estavam disponíveis 65 mil isenções e apenas 13 mil se inscreveram, mas 5 mil não concluíram o processo ou não tiveram sucesso nas etapas de apresentação de documentos. Em anos anteriores o número de solicitações foi muito maior, chegando aos 65 mil em 2006.
 

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG


Ver de novo