Unip recusa matrícula de bolsistas do Prouni por erro no sistema

Governo diz que faculdade deu informação errada e que candidatos serão aceitos nesta quarta-feira. A alunos, faculdade culpou MEC

Cinthia Rodrigues, iG São Paulo |

Candidatos aprovados para bolsas do Programa Universidade para Todos (Prouni) do campus Tatuapé da Universidade Paulista (Unip) tiveram a matrícula negada até esta terça-feira, penúltimo dia do prazo. A instituição alegava que o título dos cursos procurados remetia a um pólo de Educação a Distância e, como não era o caso, não podiam matriculá-los.

Reprodução
Ao questionar o MEC, Sarah recebeu uma resposta geral sobre as obrigações das instituições que não dizia respeito diretamente ao seu caso

Segundo a universidade disse aos candidatos, o erro era do Ministério da Educação (MEC). A estudante Sarah Nahim, que foi aprovada para uma bolsa integral em Biomedicina, tentou então um contato com o MEC , mas recebeu uma resposta genérica sobre o funcionamento das bolsas e as regras para universidades. “Eu entrei em desespero porque como esta era minha primeira opção, também não teria direito à segunda. Ia perder o ano”, lamentou.

O iG procurou o MEC e foi informado de que o erro era da instituição. Segundo a assessoria, no momento do cadastro das unidades, a unidade Tatuapé da Unip ainda era um polo à distância, porém toda a descrição do curso estava correta. Sarah confirma: “Eu sei que o curso é presencial, foi para isso que me inscrevi, não tenho culpa se no sistema o campus está como de polo a distância.”

Matrícula será possível amanhã

O Ministério da Educação informou também que a responsável pelo Prouni na unidade foi contatada e as matrículas de todos os bolsistas poderão ser feitas nesta quarta-feira, último dia para o prazo.
A Unip foi procurada às 18h30 e até o momento não respondeu.

    Leia tudo sobre: prounibolsa de estudos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG