Instituto Confúcio muda de sede e abre novos cursos de mandarim

Instituição ficará no Ipiranga e terá capacidade para 1 mil estudantes. Cursos são gratuitos para alunos de escolas públicas

Marina Morena Costa, iG São Paulo |

O Instituto Confúcio na Unesp, órgão oficial do Ministério da Educação chinês, está com inscrições abertas para os cursos extensivos de língua chinesa. Os interessados devem preencher um cadastro no site www.institutoconfucio.com.br , até o dia 15 de março.

Marina Morena Costa
Chéng Jing, professora do Instituto Confúcio, observa poema em mandarim
A partir deste ano, as aulas terão novo endereço. As instalações do instituto deixam o prédio da editora da Unesp, na Praça da Sé, centro de São Paulo, e passam para a região sul, no câmpus Ipiranga da universidade.

“A mudança significa uma ampliação da nossa estrutura para atender melhor a comunidade. Vamos sair de um espaço de 250 m² para um de 1,500 m² com cinco salas de aula, biblioteca, teatro e um centro cultural permanente sobre cultura chinesa”, conta o diretor do Instituto Confúcio na Unesp, Luís Antonio Paulino. Com a mudança, o número de alunos na capital paulista pode saltar dos atuais 250 para 1 mil, calcula Paulino.

O curso de mandarim começa em março e é organizado em módulos semestrais de 50 horas. Há aulas de manhã, tarde e à noite, e aos finais de semana. A ênfase é na conversação, dirigida para aspectos práticos do dia a dia, mas também ensina a leitura e a escrita dos ideogramas. Os professores são docentes chineses da Universidade de Hubei, na China, especializados no ensino do mandarim para estrangeiros.

Alunos de escolas públicas com idades entre 12 e 17 anos não pagam mensalidades, arcam somente com o custo do material didático (R$ 170, que pode ser dividido em cinco vezes). Para os demais, cada semestre custa R$ 500, também divididos em cinco parcelas.

O Instituto Confúcio na Unesp é resultado de um convênio entre a Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp) e o governo da República Popular da China em parceria com a Universidade de Hubei. Faz parte de uma rede internacional de 258 Institutos Confúcio presentes em 105 países, que têm por missão o ensino da língua chinesa, com o apoio do Ministério da Educação da China. É o único órgão no Brasil autorizado pelo governo da China a aplicar testes de proficiência de língua chinesa tanto para adultos (HSK) como para crianças e adolescentes (YCT).

O instituto também oferece bolsas de estudo para alunos interessados em estudar na China em duas modalidades: de um mês, para cursos de verão, e de um ano, para o curso extensivo de Língua Chinesa. Os cursos são realizados na Universidade de Hubei.

Atualmente o instituto está presente, além da capital paulista, em diversas cidades do interior de São Paulo onde a Unesp mantém unidades de ensino (Assis, Marília, Presidente Prudente, São José do Rio Preto, Araraquara, Jaboticabal, Botucatu, Guaratinguetá, São José dos Campos). Também mantém convênios com outras universidades, prefeituras e instituições do Estado de São Paulo.

Mais informações pelo telefone (11) 3107-2943 ou pelo e-mail info@institutoconfucio.unesp.br

    Leia tudo sobre: mandarimidiomas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG