ver novamente

Guia de profissões

Saiba tudo sobre 100 cursos e carreiras

Todas as profissões

Educação Física

Profissões relacionadas ao curso: Educador físico, preparador físico, professor, recreacionista, treinador .

1. Sobre o curso

Educador físico


Este profissional planeja, supervisiona e coordena programas de atividades físicas, esportivas e recreativas. Atua em ações para promoção e reabilitação da saúde direcionadas ao público de diferentes faixas etárias, ou para grupos com necessidades especiais.

Principais áreas de atuação  


- Academias de ginásticas
- Personal trainner
- Clubes esportivos
- Spas
- Hotéis
- Escolas

Topo

2. Ensino

Número de faculdades 351
Melhores cursos Universidade Estadual de Campinas (SP), Fundação Universidade Federal de Viçosa (MG), Universidade Paulista (Brasília)
Vagas disponíveis por ano 42.282
Duração do curso 4 anos
Candidatos 61.370
Candidatos/vaga 1,45
Formandos por ano 9.498
Topo

3. Estágio

Estágio obrigatório?    


Sim

Quem recruta estagiários


- Academias.
- Acampamentos.
- Clubes e centros esportivos.
- Clínicas e hospitais.
- Escolas.
- Instituições que atendem públicos específicos, como gestantes, idosos, portadores de necessidades especiais, cardiopatas, entre outros.
- Laboratórios de aptidão física.
- Secretarias de Esporte.
- Circo-escola.
- ONGs e instituições que executam projetos comunitários e de educação e saúde.
- Hotéis.
- Condomínios.
- Estúdios de atividades físicas específicas.

Melhor época do ano para procurar estágio 


Qualquer época do ano, inclusive no período de férias, pois muitos alunos atuam com recreação em hotéis ou acampamentos de férias.


Momento ideal para iniciar estágio 


A partir da segunda metade do curso de graduação.


Atividades do estágio


- Observação do trabalho do profissional já atuante, participando conjuntamente das atividades.
- Planejamento e condução de algumas aulas, com supervisão do responsável pelo estágio.
- Monitoramento de atividades de recreação, desportivas e de lazer.
- Colaboração na organização dos materiais, horários, tabelas e registro das atividades observadas. Topo

4. Mercado

Profissionais no mercado     


68.685

Exigências para atuar na profissão


- Ter curso superior de licenciatura plena em Educação Física para atuar na Educação Básica ou graduação em Educação Física para atuação nas demais áreas.
- Estar registrado no Conselho Regional de Educação Física.

Regulamentação    


Lei nº9696, de 1º de setembro de 1998.

Ganho inicial (média mensal)  


De R$ 1 mil a R$ 2 mil.

Ganho escalão intermediário (média mensal)  


De R$ 2,5 mil a R$ 5 mil.

Ganho no auge (média mensal)  


De R$ 5 mil a R$ 8 mil. Em alguns casos, quando o profissional alcança grande renome, os ganhos podem chegar a variar de R$ 20 mil a R$ 70 mil.

Atividades do início de carreira


- Professor de Educação Física na Educação Infantil e no Ensino Fundamental e Médio.
- Instrutor de academia.
- Monitor esportivo e recreativo.
- Orientador de atividade física.
- Personal trainer.

Evolução da profissão    


Com a evolução na carreira, o profissional pode se tornar docente no Ensino Superior e coordenador pedagógico em universidades. Em clubes esportivos, assume cargos de gestão ou treinamento de equipes. Outra opção é tornar-se empresário e proprietário de instituições que desenvolvam atividades físicas esportivas.

Auge da carreira


De seis a dez anos.

Dicas


- Não é necessário ser atleta para cursar Educação Física. Muitas pessoas pensam que para ser um bom profissional é necessário ter praticado algum esporte ou ter afinidade com algum tipo específico de atividade física. O gosto pelas atividades corporais é importante, mas não é necessário ser expert em alguma modalidade.
- Gostar de lidar com o público é fundamental, pois a profissão envolve continuamente o contato com as pessoas.
- Manter-se atualizado com as exigências do mercado e sempre pautar sua intervenção pela ética profissional é fundamental para evoluir na carreira.
Topo
Fonte: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)/Ministério da Educação (MEC), dados de 2010; Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), dados de 2010;

Conselho Regional de Educação Física (Cref).

Especialistas entrevistados para compor o perfil da profissão:

Thiago Carrara, professor, personal trainer e técnico de basquete;

Elaine Prodócimo, coordenadora de graduação do curso de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp);

Walfrido Amaral, professor e coordenador do Conselho Federal de Educação Física (Confef);

Sérgio Frank Carvalho, coordenador do curso de Educação Física da Estácio UniRadial;

Flávio Delmanto, coordenador do curso de Educação Física do Complexo Educacional FMU
Topo