Diretores de escola de ensino médio de SP e RJ ganharão MBA

Entidades ligadas à indústria vão pagar formação para gestores das 3.800 escolas da etapa em São Paulo e 1.100 no Rio de Janeiro

iG São Paulo |

Todos os diretores de escolas do ensino médio dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro serão convidados a fazer um MBA em Gestão Empreendedora com os custos pagos. A iniciativa é das Federações das Indústrias dos Estados do Rio de Janeiro e de São Paulo, Firjan e Fiesp, que investirão R$ 35 milhões na formação dos gestõres.

A proposta foi apresentada nesta quinta-feira como parte de um conjunto de ações em colaboração com o governo chamado de "Proposta para um Brasil + Competitivo". O documento traz colaborações nas áreas de energia, logística, banda larga e educação.

Na área de educação, Firjan e Fiesp criaram em conjunto um programa para qualificar, em até quatro anos, todos os diretores de escolas estaduais do ensino médio nos dois Estados. Serão 3.800 escolas contempladas em São Paulo e 1.100 no Rio.

Segundo as entidades, o objetivo é contribuir para a formação dos gestores no uso dos conhecimentos e ferramentas da gestão educacional, institucional e empresarial, tendo como base o desenvolvimento de conduta empreendedora. “Isso é uma revolução. Podemos mudar a qualidade de ensino nos nossos estados. Juntos, podemos mudar a história da educação brasileira”, declarou o presidente da Firjan, Eduardo Eugenio.

O MBA, semipresencial, tem atividades em ambiente virtual e encontros presenciais em todos os meses. Durante as aulas, são abordados estudos de caso, utilizadas linguagens eletrônicas (fórum, chat, quiz, wiki) e material em meio eletrônico e impresso. Os participantes recebem também indicação de bibliografia e links para material de apoio e aprofundamento.

Alunos terão iniciação a nanotecnologia

Outra oferta das federações é estender o programa de iniciação à nanotecnologia para alunos de escolas públicas. Serão 100 mil atendidos em até quatro anos, novamente com o custo – previsto em R$ 5 milhões – totalmente coberto pelas duas federações e realizado em escolas móveis.

Acompanhe: Ensino médio poderá ter grade horária flexibilizada

    Leia tudo sobre: ensino médiofirjanfiesp

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG