Tamanho do texto

Segundo a organização do processo seletivo, 83,7 mil pessoas se inscreveram no processo seletivo 2018; aumento é de 14% em relação ao ano anterior

De acordo com a organização do vestibular da Unicamp, mais de 83 mil candidatos se inscreveram no processo seletivo
Creative Commons
De acordo com a organização do vestibular da Unicamp, mais de 83 mil candidatos se inscreveram no processo seletivo

A Unicamp informa que o Vestibular 2018 recebeu um número recorde de inscritos na instituição, com 83.779 participantes. São cerca de dez mil candidatos a mais do que no ano passado, o que equivale a um aumento de 14%. Até então, o maior número havia sido registrado em 2016, quando 77.768 pessoas se inscreveram.

Leia também: Beneficiários do Bolsa Família têm 87,5% de frequência escolar, diz governo

Na avaliação da Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp ), o aumento está relacionado com a ampliação das provas para quatro novas cidades (Belo Horizonte, Fortaleza, Indaiatuba e Valinhos), além do crescimento do número de candidatos isentos do pagamento da taxa de inscrição registrado esse ano, que também foi recorde (8.650 inscritos isentos).

A instituição reforça que outros aspectos importantes que podem ter influenciado no número de inscritos foi o destaque que a universidade obteve em rankings internacionais, além do aumento no trabalho de divulgação do vestibular.

No processo seletivo para 2018, os candidatos irão disputar 3.340 vagas distribuídas em 70 cursos de graduação. A relação de candidatos por vaga (c/v) passou de 22 para 25 nesta edição.

Leia também: Número de estudantes no ensino superior chegou a 8 milhões em 2016, diz Censo

A primeira fase do processo seletivo será realizada no dia 19 de novembro e a segunda fase acontecerá está marcada para os dias 14, 15 e 16 de janeiro do ano que vem. Antes da primeira fase, haverá provas de Habilidades Específicas para candidatos aos cursos de Música (no período de 11 a 18 de setembro – Etapa I e de 15 a 16 de outubro – Etapa II). Para os demais cursos que exigem provas específicas (Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais e Dança), as provas de Habilidades Específicas ocorrerão no período de 22 a 25 de janeiro de 2018.

Concorrência

A Comvest informa que as dez carreiras mais concorridas no Vestibular 2018 são: Medicina, com 279 candidatos por vaga; Arquitetura e Urbanismo (97,6 c/v); Ciências Biológicas – Integral (51,76 c/v); Comunicação Social-Midialogia (48,5 c/v); Engenharia Química - Integral (34,8 c/v ); Odontologia (32 c/v); História (31,8 c/v); Engenharia Civil (31,7 c/v); Engenharia de Produção (31,6 c/v) e Artes Cênicas (31,5 c/v).

Leia também: Comissão na Câmara aprova expansão do Prouni para cursos de pós-graduação

Inclusão social

O percentual de candidatos oriundos de escolas da rede pública é de 30,7%, contra 30,2% no ano passado. Já o percentual de candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas (de acordo com a nomenclatura utilizada pelo IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), passou de 20,3% no ano anterior para 22,4% do total de inscritos no Vestibular Unicamp 2018.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.