Maioria dos casos de abstenção é de pessoas que não pagaram para fazer exame; quem justificar poderá obter nova gratuidade

Ribeiro (esq): quase 30% das provas são impressas e transportadas sem necessidade
Isabelle Araújo/MEC - 14.5.15
Ribeiro (esq): quase 30% das provas são impressas e transportadas sem necessidade

O estudante isento de taxa do  Enem que faltar ao exame terá de pagar para fazer a prova numa próxima vez. A nova regra entrou em vigor nesta sexta-feira (15).

O objetivo da pasta é reduzir o número de abstenções na prova, de 29%. Na edição de 2014, a maioria dos estudantes que faltaram - 1,6 milhão de um total de 2,5 milhões - tinham direito à isenção da taxa, de acordo com o governo federal.

- Prepare-se: Faça um simulado do Enem

"As ausências injustificadas de candidatos inscritos no Enem importam, anualmente, em prejuízos vultosos ao Erário [ dinheiro público ]", justifica a portaria que muda a regra, assinada pelo ministro Renato Janine Ribeiro e publicada nesta sexta-feira (15). "Quase 30% das provas têm sido impressas, transportadas, previstas infraestrutura e segurança, para pessoas que não aparecem", disse o ministro ao anunciar as novas regras na quinta-feira (14).

Veja as piadas sobre o Enem 2014

O estudante que justificar sua falta poderá conseguir uma nova isenção, segundo o documento. A decisão caberá ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

A taxa para prestar o Enem em 2015 é de R$ 63. Estão isentos os alunos de escola pública que terminam o ensino médio neste ano e pessoas que se declararem carentes. As inscrições poderão ser feitas das 10h de 25 de maio até 23h59 de 5 de junho e o pagamento deve ser efetuado até as 21h59 de 10 de junho (em ambos os casos, horário de Brasília).

As provas serão realizadas em 24 e 25 de outubro. o edital com mais informações sai na segunda-feira (18). Em 2014, 8,7 milhões de pessoas se inscreveram e 6,2 milhões fizeram as provas.

Leia também:

- Interpretação de texto, geometria: veja os assuntos mais cobrados no Enem

- Os temas que já caíram na redação do Enem

- 12 dicas para evitar erros comuns

Enem 2015: saiba para que serve o exame



    Leia tudo sobre: enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.