Programa federal oferece bolsas parciais e integrais em instituições particulares. Candidato deve ter nota superior a 450 pontos no Enem 2014 e não pode ter zerado a redação

Primeira edição do ProUni 2015 terá 213.113 bolsas de estudos em instituições particulares. As inscrições para o programa começam na próxima segunda-feira (26).

O Ministério da Educação disponibilizou nesta sexta a consulta por curso, instituição e município na página do programa .

Do total, 135.616 bolsas são integrais e 77.497 parciais. 

Para concorrer às bolsas, o candidato precisa ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio 2014 (Enem) e ter obtido ao menos 450 pontos de média nas provas objetivas e nota diferente de zero na redação. 

Além disso, é preciso que o estudante tenha renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até três salários mínimos e satisfaça uma das condições abaixo:

- ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública;
- ter cursado o ensino médio completo em escola da rede privada, na condição de bolsista integral da própria escola;
- ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede privada, na condição de bolsista integral da própria escola privada;
ser pessoa com deficiência;
- ser professor da rede pública de ensino

O período de inscrições vai até a próxima quinta-feira (29).

Cresce número de bolsas

Criado há dez anos, o programa oferece nesta edição 11% a mais de bolsas de estudo em relação a 2014. 

De acordo com o MEC, atualmente, o programa beneficia mais de 562 mil jovens brasileiros de baixa renda com bolsas integrais ou de 50% em universidades privadas.

Confira memes do Sisu e do Enem


    Leia tudo sobre: enem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.