Ideb: Somente 4 Estados cumprem todas as metas estabelecidas pelo MEC

Por Ocimara Balmant - iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Amazonas, Goiás, Pernambuco e Piauí cumpriram metas dos anos iniciais e finais do ensino fundamental e do ensino médio

Apenas quatro Estados do País cumprem todas as metas estabelecidas pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2013, divulgados nesta sexta-feira (5), em Brasília, pelo Ministério da Educação (MEC).

Os Estados de Amazonas, Goiás, Pernambuco e Piauí são as únicas unidades da federação a alcançarem os índices previstos para os anos iniciais (1º ao 5º ano) e finais (6º a 9º ano) do ensino fundamental e também para o ensino médio.

O IDEB é considerado o principal indicador educacional do Brasil. O índice é calculado a cada dois anos e as notas são contabilizadas em uma escala de zero a dez.

Leia também:

Ensino médio piora em SP, MG e mais 14 Estados, diz índice de qualidade do MEC
Ideb: apenas anos iniciais do ensino fundamental atingem meta do governo

Na região Norte, o Estado do Amazonas obteve 4,5 anos anos iniciais, 3,8 nos finais e 3 nas provas de 2013. As metas eram 4,2; 4; e 2,8, respectivamente.

Já o Estado de Goiás, representado do Centro Oeste, se destacou por obter a primeira colocação no ensino médio, com a nota 3,8. A meta era 3,4. No ensino fundamental, obteve 5,5 nos anos iniciais e 4,5 nos finais. Os índices estipulados eram 4,9 e 4,1, respectivamente.

No Nordeste, dois Estados cumpriram as três metas: Pernambuco e Piauí. O primeiro, obteve 4,1 e 3,4 no ensino fundamental (metas eram 3,9 e 3,2). No ensino médio, Pernambuco, além de alcançar a meta, registrou a maior alta: subiu 0,5 ponto, de 3,1 para 3,6. A meta era 3,2.

Piauí, por fim, registrou 4,1 e 3,6 no anos iniciais e finais do ensino fundamental (metas eram 3,7 e 3,6). No ensino médio, o Estado registrou 3 e a meta era 2,8.

Nenhum Estado do Sul ou Sudeste cumprirão as notas estipuladas para as três etapas de ensino avaliadas pelo Ideb.

IDEB

Criado em 2005, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) mede a evoluação qualidade do ensino brasileiro a partir de avaliações realizadas em escolas e nas redes de ensino de todo o País.

O Ideb é calculado a partir do desempenho dos alunos do 5º e 9º ano do ensino fundamental em português e matemática e em taxas de aprovação compiladas pelo Censo Escolar.

Divulgado a cada dois anos, o índice também avalia estudantes do 3º ano do ensino médio. Além das escolas públicas, as instituição privadas participam do Ideb de forma amostral.




 

Leia tudo sobre: Idebideb 2013meceducação básicainep

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas