Black Sabbath segue sem baterista original

Integrantes se manifestam após recusa de Bill Ward em assinar o contrato e não mudam os planos do retorno da banda

iG São Paulo |

Getty Images
Bill Ward (esquerda) e os demais integrantes do Black Sabbath
Algumas horas após o baterista do Black Sabbath, Bill Ward, afirmar que não participaria das gravações nem da turnê de reencontro da banda por discordar do contrato apresentado a ele, os demais integrantes se manifestarm em seu Facebook e afirmaram que seguem sem o músico.

"Ficamos muito tristes ao saber pelo Facebook que Bill recusou publicamente participar dos planos do Black Sabbath. Não temos escolha a não ser continuar gravando sem ele, para quem a porta estará sempre aberta. Ainda estamos no Reino Unido com Tony, escrevendo e gravando o novo álbum. Nos vemos no Download!"

A declaração dá seguimento ao retorno bastante aguardado dos roqueiros , que anunciaram em novembro a volta da formação inicial do grupo para compor e gravar o primeiro ádisco deles em mais de 30 anos. Eles também divulgaram os planos para uma turnê mundial em 2012, passando pelo famoso festival britânico Download.

No mês passado, porém, o guitarrista Tony Iommi foi diagnosticado com um linfoma em estágio inicial e, a fim de conciliar com o tratamento dele, a banda se mudou dos Estados Unidos para Birmingham, na Grã-Bretanha, para continuar compondo e gravando.

De acordo a declaração de Ward, o contrato oferecido não era "assiavel" e ele perderia seus "direitos, dignidade e respeito como músico de rock" caso o assinasse. "Se eu for substituído, terei de encará-los, queridos fãs do Sabbath. Espero que não me responsabilizem pelo fracasso do reecencontro do Black Sabbath original como prometido", encerrou.

    Leia tudo sobre: black sabbathbill wardozzy osbournemúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG