Stella Maris Rezende e Miriam Leitão ganham Jabuti 2012

Obras das categorias juvenil e livro-reportagem são escolhidas livro do ano de ficção e de não-ficção

iG São Paulo |

Divulgação
Miriam Leitão e Stella Maris Rezende no Jabuti 2012

"A Mocinha do Mercado Central", de Stella Maris Rezende, ganhou o prêmio de Livro do Ano de Ficção no Jabuti 2012. A obra, primeira colocada na categoria juvenil, concorreu com as vencedoras nas categorias romance, contos e crônicas, poesia e infantil. O anúncio foi feito na quarta-feira (dia 28) pela Câmara Brasileira do Livro (CBL).

Siga o iG Cultura no Twitter

Com ilustrações de Laurent Cardon e apresentação escrita pelo ator Selton Mello, "A Mocinha do Mercado Central" retrata as transformações da jovem Maria Campos, que decide aventurar-se por diferentes experiências e, em cada uma delas, adota um novo nome cujo significado a ajuda a vencer os desafios.

Stella Maris já havia sido indicada ao Jabuti três vezes. Para a autora, o reconhecimento de uma obra juvenil abre espaço para que esse gênero da literatura juvenil seja mais apreciado pelos leitores e pela mídia. “É a juventude querendo se conhecer”, disse ela ao se referir ao crescente interesse dos jovens pela literatura.

Leia também: Oscar Nakasato e Maria Lúcia Dal Farra ganham o Jabuti 2012

Na categoria não-ficção o vencedor foi o livro-reportagem "Saga brasileira: A Longa Luta de um Povo por sua Moeda", de Miriam Leitão. Na obra, a jornalista analisa como os brasileiros sofreram até a estabilização da moeda, abordando episódios como o Plano Real e o confisco do governo Collor.

O prêmio entregue aos autores dos livros do ano ficção e não ficção na 54º edição da festa é de R$ 35 mil. Em 2011, Ferreira Gullar e Laurentino Gomes foram os vencedores nas duas categorias, com as obras "Em Alguma Parte Alguma" e "1822", respectivamente.

    Leia tudo sobre: Jabutiliteratura

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG