Qual musa do cinema envelheceu melhor?

Claudia Cardinale, Jane Fonda, Brigitte Bardot ou Sonia Braga? Vote e dê sua opinião

iG São Paulo |

Homenageada com o prêmio Leon Cakoff nesta edição da Mostra Internacional de São Paulo, Claudia Cardinale é uma das maiores musas do cinema mundial. Nos anos 1960, a atriz italiana brilhou primeiro em seu país-natal, em filmes como "8 e meio" (63), de Federico Fellini, e ganhou o mundo em sucessos do calibre de "A Pantera Cor-de-Rosa" (63) e "Era Uma Vez no Oeste" (68).

Deslumbrante na juventude, Cardinale chegou à maturidade afirmando nunca ter feito uma plástica sequer . Por conta disso, as marcas do tempo são claras.

Leia também:  "Não queria vender meu corpo", afirma Claudia Cardinale sobre "não" a nudez

Verdade que os anos parecem pesar mais em algumas do que outras. Por conta disso, o iG traçou, na galeria acima, um paralelo entre o ontem, época do auge das atrizes mais belas do cinema, e a situação presente de cada uma delas. Estão lá a veterana Lauren Bacall , última representante da era de ouro de Hollywood, com seus 88 anos; Kim Novak , musa de Alfred Hitchcock em "Um Corpo que Cai", hoje com 79 anos; as francesas Brigitte Bardot e Catherine Deneuve ; e Meryl Streep , caçula do grupo, com 63 anos.

Das brasileiras, estão lá Norma Bengell , que chocou as plateias conservadoras com sua nudez em "Os Cafajestes" (1962) e "Noite Vazia" (1964); Eva Wilma , irretocável em "São Paulo, Sociedade Anônima" (1965); a loiríssima Odete Lara , resplandecente nos anos 1950 e 1960; Betty Faria , belíssima em inúmeros longas-metragens, de "A Estrela Sobe" (74) a "Bye Bye Brasil" (80); e Sonia Braga , que arrasou corações não só na TV, mas em filmes como "Dona Flor e Seus Dois Maridos" (76) e o despudorado "A Dama do Lotação" (78).

Siga o iG Cultura no Twitter

Em sua opinião, qual delas envelheceu melhor? Compare na galeria e vote na enquete ao lado.

    Leia tudo sobre: cinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG