Johnny Depp é "adotado" por tribo indígena nos EUA

Ator, que interpretará índio Tonto em "O Cavaleiro Solitário", passa a ser membro honorário da Nação Comanche e ganha até nome

Reuters |

O ator Johnny Depp, que interpreta um índio companheiro do protagonista do filme em produção "O Cavaleiro Solitário" ("The Lone Ranger"), tornou-se membro honorário da tribo Nação Comanche, afirmou um ativista dos índios nativos norte-americanos na terça-feira.

Siga o iG Cultura no Twitter

A cerimônia privada para o ator ocorreu no dia 16 de maio, em Albuquerque, Novo México, onde reside LaDonna Harris, presidente e fundadora da organização Americas for Indian Opportunity (Américas pela oportunidade indígena, na tradução do inglês).

AP
LaDonna Harris, presidente da Americans for Indian Opportunity, posa com Johnny Depp
"Eu li a respeito dele e de sua herança nativa norte-americana, então disse a meus filhos, perto do dia das mães, 'por quê não o adotamos?'", disse LaDonna.

Um primo dela, que é o conselheiro cultural do filme "O Cavaleiro Solitário", que está sendo rodado no Novo México, organizou o encontro.

Leia também: Veja Johnny Depp como o índio Tonto em "The Lone Ranger"

"Ele foi adotado pela minha família", afirmou LaDonna. "O presidente da Nação Comanche, então, reconheceu a adoção, o que fez dele (Depp) membro honorário da tribo Nação Comanche".

Depp, cujo filme mais recente é "Sombras da Noite" , recebeu um nome Comanche, pronunciado "Mah Woo May", que significa "aquele que muda de forma".

Depp, nascido no Estado de Kentucky, afirmou que achava que sua tataravó tinha origem indígena norte-americana, talvez dos índios Cherokee ou Creek.

    Leia tudo sobre: johnny deppcavaleiro solitáriolone rangeríndioscomanche

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG