Restauradora espanhola estuda cobrar direitos autorais pela sua obra

Declaração foi dada por advogados de Cecilia Giménez, de 81 anos, a uma TV espanhola

iG São Paulo |

Reprodução
Cecilia Giménez, a restauradora espanhola

Cecilia Giménez, a idosa de 81 anos que ficou mundialmente conhecida pela restauração do "Cristo de Borja", poderá cobrar direitos autorais de quem quiser ver sua obra.

Siga o iG Cultura no Twitter

A informação foi divulgada pela rede de TV espanhola RTVE. À emsisora, advogados de Giménez disseram que a idosa estuda ir atrás de direitos autorais depois que a fundação que cuida do santuário, em Zaragoza, decidiu cobrar 1 euro dos visitantes do local.

Recentemente, Giménez havia dito que gostaria de "terminar o trabalho" . "Eu tinha deixado tudo preparado para continuar o meu trabalho depois. Mas agora não posso continuar por causa de toda essa confusão", afirmou. "Não quero deixar como está, porque quando vejo eu sofro."

A pintura original foi feita por Elías García Martínez no século 19 e leva o nome de "Ecce Homo", nome tradicionalmente dado às pinturas de Jesus com a coroa de espinhos, antes da crucifixação. O restauro feito por Cecilia ganhou o apelido de "Ecce Mono" (em espanhol, "mono" significa "macaco").

Veja abaixo montagens com o restauro do "Cristo de Borja":

    Leia tudo sobre: cristo de borjacecilia gimenez

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG