Mostra impressionista em São Paulo abre na madrugada neste final de semana

Exposição "Impressionismo: Paris e Modernidade", no Centro Cultural Banco do Brasil, abre na tarde de sábado e só fecha na noite de domingo nos primeiros dois dias

iG São Paulo | - Atualizada às

A abertura da exposição "Impressionismo: Paris e a Modernidade" em São Paulo ocorre neste final de semana com uma ação especial, batizada informalmente de "Virada Impressionista". A sede do Centro Cultural Banco do Brasil, no centro da cidade, ficará aberta das 15h deste sábado (04) às 22h de domingo, sem fechar, com entrada franca.

Para os notívagos e madrugadores, será a chance de evitar filas para ver em primeira mão obras-primas de Monet, Van Gogh, Renoir, Cézanne e Gauguin, entre outros mestres da pintura mundial.

INFOGRÁFICO: entenda o quadro "O Tocador de Pífano", obra-prima de Manet

A exposição foi aberta oficialmente pela manhã, na presença do prefeito Gilberto Kassab e outras autoridades. Houve até a participação de atores vestidos com as figuras de quadros célebres da seleção, que veio do acervo do Museu d'Orsay, em Paris, um dos mais visitados do mundo. É o caso de "O Tocador de Pífano", de Édouard Manet , considerado a grande estrela da mostra.

Leia também: Obras-primas de Monet, Van Gogh e outros impressionistas no Brasil

A expectativa é de que 600 mil pessoas passem pela exposição, um dos destaques do ano no país na programação de artes plásticas, até o dia 7 de outubro. Depois, as obras seguem para o Rio de Janeiro.

SERVIÇO - Exposição "Impressionismo: Paris e a Modernidade"
Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo
Rua Álvares Penteado, 112, Centro
De 4 de agosto a 7 de outubro de 2012
Das 7h às 10h (visitas agendadas)
Das 10h às 22h (público em geral)
Entrada gratuita
Informações: (11) 3113-3651 / 3113-3652

    Leia tudo sobre: impressionismoarteexposição

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG