WWF pede que líderes mundiais façam acordo para continuar com Kyoto

ONG afirma que aquecimento global requer uma reposta unida de todos os governos

EFE |

O Fundo Mundial para a Natureza (WWF) pediu neste sábado (27) que os governos que vão participar da Cúpula de Mudança Climática da ONU em Durban, na África do Sul, façam um acordo global que dê continuidade ao Protocolo de Kyoto.

"As negociações sobre mudança climática que começam na semana que vem oferecem uma oportunidade única para os líderes do mundo irem além das intenções políticas e construirem os alicerces de um acordo climático global ambicioso", afirma em nota o WWF.

A responsável da Iniciativa Global sobre Mudança Climática e Energia de WWF, Samantha Smith, afirmou que esse é um problema que torna as "fronteiras irrelevantes e que requer uma reposta unida de todos os governos".

Leia mais:
Pnuma diz que só "milagre" estabelecerá novo Protocolo de Kyoto
Brasil tentará consenso para salvar Protocolo de Kyoto em Durban
União Europeia mantém proposta de metas mais rígidas para reduzir emissões
Fundo climático segue emperrado poucos dias antes de cúpula da ONU
Planeta está longe de mitigar mudanças climáticas, alerta estudo
Veja cobertura do iG na Cop-16

"Os estados precisam reescrever a história e têm que começar em Durban", sentenciou Samantha. O encontro na África do Sul será realizado a partir desta segunda-feira até o dia 9 de dezembro.

O WWF denunciou o aumento da emissão de gases poluentes e que o planeta se encaminha para um perigoso aumento de 2ºC em sua temperatura, o que teria consequências catastróficas.

    Leia tudo sobre: mudanças climáticasprotocolo de kyotocop

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG