Pássaros se travestem de fêmeas para aumentar chances de copular

Ao parecer fêmea e agir de forma menos agressiva, eles reduzem riscos de ataque de outros machos e têm mais chance de acasalar

AFP |

Getty Images
Águias-sapeiras: estudo afirma que a plumagem marrom das fêmeas é um ótimo disfarce para alguns machos da espécie
Em uma espécie de falcão, os machos se travestem de fêmeas para obter vantagem furtiva no jogo do amor, revelou um estudo incomum, publicado na edição desta quarta-feira (9) da Biology Letters, periódico da Sociedade Real Britânica.

A maioria dos machos de águias-sapeiras ( Circus aeruginosus ) é acinzentada, porém mais de um terço tem plumagem permanente que imita a cor das fêmeas, que é predominantemente marrom com penas brancas na cabeça e ombros.

Tentando compreender o que está por trás desta plumagem trocada, biólogos chefiados por Audrey Sternalski, do Instituto de Pesquisas em Recursos Cinegéticos de Ciudad Real, Espanha, pesquisaram o comportamento dos falcões no Marais de Brouage, região pantanosa do centro-oeste da França.

Após identificar 36 casais chocadores, eles deixaram perto do ninho um de três tipos de iscas . As iscas eram bonecos de plástico, pintados para parecer um macho típico, uma fêmea típica ou um macho "travestido de fêmea" de águia-sapeira.

Na defesa de seu território, machos típicos, os de plumagem acinzentada, mostraram ser três vezes mais propensos a atacar a isca que representavam um macho típico do que as demais.

Surpreendente foi o comportamento dos machos travestidos de fêmeas em casais chocadores. Eles desempenham papel igual ao das fêmeas. Em uma demonstração de ciúmes, revelaram ser duas vezes mais propensos a atacar a isca feminina do que a masculina.

Impressionados, os cientistas acreditam que os falcões travestidos tenham uma vantagem competitiva ao imitar as fêmeas de forma tão enfática. Ao parecer fêmeas e agir de forma menos agressiva, correm menos riscos de ser atacados por competidores, o que lhes dá uma chance maior de abordar as fêmeas para acasalar.

Leia mais:
Casais de aves do mesmo sexo podem ter relação estável, aponta estudo
Mercúrio torna aves homossexuais, diz estudo
Entre pintassilgos, bom papo vale mais que a beleza
Entre pássaros, trair o parceiro pode ser vantajoso
Espécie de pássaros sabe identificar ovos de impostores

O artigo também sugere que este comportamento também dá a eles a chance de ingressar em um território com comida abundante sem ter que disputá-la com rivais.

Mas por que os machos típicos toleram os impostores?

Uma resposta possível seria a de que machos típicos podem achar vantajoso ter um vizinho tranquilo, pois assim teria menos trabalho para defender seu território.

Além disso, machos típicos também teriam chances de copular com as fêmeas destes machos mais submissos.

A outra única espécie de ave conhecida, cujos machos imitam permanentemente as fêmeas é o pavão do mar ( Philomachus pugnax ), ave pernalta que também recorre a este disfarce para se aproximar das fêmeas.

    Leia tudo sobre: pássaroscomportamento animal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG