Dirigir de bexiga cheia e prefeito encrenqueiro levam Ig Nobel

Premiação se dedica a homenagear com humor as pesquisas científicas mais absurdas do ano

iG São Paulo |

AP
Ganhadores do Ig Nobel de Química recebem prêmio na Universidade de Harvard

Dirigir enquanto se precisa desesperadamente urinar não é um crime, mas talvez fosse o caso de colocar o ato no código penal. Peter Snyder, junto com um grupo de cientistas da Bélgica, Holanda e Alemanha, descobriu que uma bexiga cheia até o limite diminui a atenção e a habilidade de tomar decisões aos mesmos níveis de uma leve bebedeira ou 24 horas sem dormir. Por esse resultado, os pesquisadores ganharam o Ig Nobel de Medicina de 2011.

“Quando as pessoas chegam ao ponto de sentir dor, de tanta necessidade de urinar, era como se estivessem bêbados”, afirmou Snyder, que ensina neurologia na prestigiada Universidade Brown, nos Estados Unidos. “A capacidade de reter informações realmente fica prejudicada.”

Os vencedores da edição deste ano da duvidosa honraria foram anunciados na noite desta quinta-feira (29), em uma cerimônia na Universidade de Harvard, incluíram vários avanços científicos intrigantes, como um alarme de incêndio que cheira a wasabi, a popular raiz forte da culinária japonesa, criado por uma equipe de cientistas do país; um prefeito europeu que resolveu o problema de estacionamento de sua cidade com artilharia pesada; um pesquisador norueguês que explorou a ciência do suspiro (a respiração mais profunda, não o doce); e todos aqueles que se esforçaram ao longo da história para fazer cálculos matemáticos e precisos para adivinhar a data do fim do mundo, que ainda não veio.

Em sua 21ª edição, os prêmios, (cujo nome é um brincadeira com o termo em inglês para ignóbil e o nome do importante prêmio científico) foram entregues por laureados com o Nobel verdadeiro, e a cerimônia teve suas doses de comédia, incluindo uma mini-ópera sobre a química de uma cafeteria e o lançamento ritual de aviõezinhos de papel.

Snyder justificou sua pesquisa dizendo que queria determinar os efeitos da dor no processo de tomada de decisões. Trabalhar com bexigas cheias era um jeito de custo e risco baixos de inflingir dor,que era facilmente aliviada com o ato de ir ao banheiro.

Sexo de besouros e previsão do fim do mundo
Já o Ig Nobel de Biologia foi para os entomologistas Darryl Gwynne e David Rentz, que provaram que os besouros machos de uma certa espécie confundia as fêmeas da espécie com garrafas de cerveja de uma marca australiana.

Já o prêmio de Matemática foi dividido entre vários profetas do fim do mundo que erraram suas previsões. Os premiados são o americano Dorothy Martin (que previu o fim em 1954), seus compatriotas Pat Robertson (1982) e Elizabeth Clare (1990), o coreano Lee Jang Rim (1992) e a ugandense Credonia Mwerinde (1999) e Harold Camping (1994 e 2011). De acordo com os organizadores do Ig Nobel, todos os vencedores na categoria fizeram por merecer o prêmio por terem ''ensinado ao mundo como ser cuidadoso quando se faz cálculos e suposições matemáticas''.

Paz nas ruas com tanque de guerra
O prefeito de Vilnius, na Lituânia, Arturas Zuokas ganhou o Ig Nobel da Paz por seu modo bélico de lidar com infrações de trânsito. Ele destruiu carros estacionados irregularmente com um tanque militar . “Decidi que era hora de ensinar esses valentões sem respeito pelos direitos dos outros uma lição duradoura”, afirmou, por e-mail. Em um vídeo postado no YouTube, Zuokas acaba com uma Mercedes-Benz que estava bloqueando um ciclovia e uma faixa de pedestres, no centro antigo de Vilnius.
Agora, a cidade voltou a lidar com seus problemas de estacionamento de uma maneira com os mais tediosos multas e guinchamentos. Mas Zuokas avisa: o tanque pode voltar a qualquer momento.

O Ig Nobel de Química foi para pesquisadores japoneses que inventaram um alarme de incêndio que emite o forte cheiro do wasabi, a pasta verde servida com sushi que desentope qualquer nariz. “O cheiro do wasabi é útil como alarme para pessoas surdas que não acordariam com modos convencionais como som, vbração ou luzes piscando,” justificou Makoto Imai, professor de psiquiatria da Universidade de Ciências Médicas de Shiga.

A chave está no composto que dá ao wasai seu sabor e odor característicos, e que pode ser sentida até mesmo durante o sono. O grupo se decidiu pelo ingrediente após tentar cerca de cem cheiros diferentes, incluindo ovo podre.

Suspirando pela ciência
Mas a pesquisa que levou o Ig Nobel de psicologia é a que talvez mais represente o espírito da premiação. A equipe do norueguês Karl Teigen, professor de psicologia da Universidade de Oslo, estudou a razão das pessoas suspirarem. Simples assim, uma pesquisa sem nenhuma aplicação prática imediata. O motivo? Ele e seus alunos decidiram fazê-lo após descobrir que o fenômeno nunca havia sido estudado.

“As pessoas acham que os suspiros dos outros expressam principalmente tristeza e melancolia, mas os seus próprios têm a ver com resignação e desistência de algo,” explicou Teigen. “Nós estudamos o aspecto da resignação ao oferecer uma charada que parece simples, mas que não tinha solução. E eles suspiravam. Nós achamos que eles suspiraram porque tiveram que desistir de uma hipótese, uma ideia, uma esperança – e talvez se preparar para a próxima.”

A maioria dos vencedores estavam felizes de levar o prêmio para casa. “Eu certamente não esperava,” disse Snyder, o cientista da bexiga cheia. “Mas eu sou um professor, e estou preocupado com o declínio do conhecimento científico do meu país. Os Ig Nobels mostram que ciência não é sempre seca e técnica, e pode ser divertida”.

Já o norueguês Teigen usou o próprio slogan do Ig Nobel para descrever seus sentimentos: “Os prêmios Ig Nobel são feitos para fazer as pessoas rirem e depois pensarem – e eu adicionaria: no fim, também suspirarem”.

(Com informações da AP, AFP e BBC)

Veja o vídeo do prefeito "encrenqueiro" Arturas Zuokas

    Leia tudo sobre: Ig NobelMedicinabexigaprefeito

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG