Por mais que David Meade tenha certeza que "fim do mundo" acontece ainda este mês, as evidências apontam para apenas mais uma teoria da conspiração

Será mesmo que o fim do mundo está
shutterstock
Será mesmo que o fim do mundo está "marcado" para o próximo sábado, dia 23 de setembro?


De acordo com David Meade, teórico da conspiração que escreveu o livro Planet X - The 2017 Arrival , o mítico planeta “Nibiru” deveria se chocar com o planeta Terra no mês de outubro – porém, nas últimas semanas, ele mudou a previsão do fim do mundo para o próximo sábado, dia 23 de setembro.

Leia também: Após 8 bilhões de quilômetros 'rodados' e descobertas, termina missão em Saturno

O numerologista do “ fim do mundo ” se baseia em uma passagem da Bíblia (Isaías, capítulo 13, versículos 9-10), em que se pode ler: “veja, o dia do Senhor está vindo: um dia cruel, com muita ira e violência, para desolar a Terra e destruir os pecadores no processo”, como explica o site The Sun .

Além da convicção nos textos bíblicos, Meade e outros teóricos se apegaram a um recente anúncio da Nasa, que divulgou a descoberta de um novo planeta no sistema solar, chamado de “Planeta Nove”. Ele poderia ser o corpo celeste responsável pela destruição do nosso planeta, segundo a hipótese do numerólogo.

Para completar a série de “evidências” apresentadas, o britânico explicou, de acordo com a Fox News , que uma análise de diversos códigos da Bíblia identificaram o dia 23 de setembro como a data do apocalipse.

Por mais que Meade use informações religiosas, suas ideias não fazem parte de nenhuma vertente do cristianismo. O pastor Stetzer, por exemplo, encorajou os cristãos a terem um posicionamento crítico frente a questões como essa, principalmente na era das chamadas  fake news , como explicou a  Fox News.

"É uma fake news  e muitos cristãos acreditam que o mundo vai acabar dia 23. Por outro lado, isso é um lembrete, pois nós precisamos pensar de forma mais crítica em relação às notícias", Stetzer disse.

Leia também: Seria um alien? Criatura misteriosa aparece em praia após furacão nos EUA

O planeta Nibiru e os boatos divulgados na internet

Mencionado pela primeira vez em 1976, no livro “O Décimo Segundo Planeta”, de Zecharia Sitchin, Nibiru é reconhecido, por teóricos da conspiração, como a “casa de alienígenas do passado”, chamados Annunaki. De acordo com a hipótese, eles foram os responsáveis pela criação da raça humana.

Também chamado de “Planeta X”, Nibiru movimenta o imaginário de quem acredita nesta teoria. Por outro lado, a Nasa já declarou repetidas vezes que a existência deste corpo celeste é falsa, não passando de um boato virtual –ou seja, uma  fake news – sem embasamento científico. O cientista David Morrison, por exemplo, disse que as pessoas precisam superar esta teoria.

Entretanto, como um comportamento padrão, as pessoas se recusam a acreditar em um órgão oficial do governo, como é o caso da Nasa, e se atentam mais às explicações de teóricos da conspiração como David Meade.

Leia também: Em rara aparição, cobra de duas cabeças é encontrada em estrada nos EUA

Desta forma, a teoria de que o Nibiru pode ser o responsável pelo fim do mundo tem circulado por muitos anos, porém, todos os teóricos erraram a suposta “data do apocalipse”. Até agora.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.