Geólogos chineses descobrem substância orgânica em meteorito de Marte

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Grupo de cientistas liderado por geólogos chineses descobriu substância parecida com carvão em meteorito, segundo jornal

Agência Brasil

Um grupo de cientistas liderado por geólogos chineses descobriu uma substância orgânica, semelhante ao carvão, em um meteorito procedente de Marte, informou nesta segunda-feira (22) o diário South China Morning Post.

Veja fotos de chuva de meteoros pelo mundo

Riscos de estrelas capturados em uma foto de longa esposição, na Espanha. Foto: APMeteoros Perseidas riscam o céu do Vilarejo de Salvanes, na Espanha, durante a chuva anual de meteoros. Foto: APNesta foto de longa exposição é possível ver um traço no céu durante a chuva de meteoros Perseidas, no Vilarejo de Salvanes, Espanha. Foto: APNesta foto de longa exposição é possível ver um traço no céu durante a chuva de meteoros Perseidas, no Vilarejo de Salvanes, Espanha. Foto: APEsta foto, tirada com velocidade de obturador longa, mostra, no canto inferior direito, faíscas de um meteoro ao entrar na atmosfera da terra. A foto foi feita na aldeia Fanos, na Grécia. Foto: APUm meteoro Perseida risca o céu em Techatticup Mine, Eldorado Canyon, nos Estados Unidos. Foto: Getty ImagesUm meteoro Perseida é observado no céu de Chickamauga, nos Estados Unidos. Foto: Nasa

Dia 19: Foto borrada mostra pouso turbulento da sonda Philae em cometa

A descoberta, publicada no mais recente número da revista científica Meteoritics and Planetary Science, apresenta novas evidências sobre a possibilidade de existir algum tipo de atividade biológica no planeta vermelho.

Os investigadores encontraram vestígios de materiais orgânicos juntamente com elementos químicos como azoto, enxofre e fósforo, com estrutura semelhante à do carvão existente na Terra.

Essas substâncias foram encontradas no meteorito Tissint, que deve ter se separado de Marte há 700 mil anos, após a colisão de um asteróide.

O Tissint caiu como uma bola de fogo em Marrocos, em julho de 2011, e, após meses de observação e análise dos fragmentos que o compunham, um grupo internacional de cientistas determinou que era procedente do planeta vizinho.

Um dos autores do estudo, Zhang Jianchao, físico do Instituto de Geologia e Geofísica da Academia Chinesa de Ciências, explicou que a sua equipe acredita que a substância similar ao carvão venha de Marte, em declarações ao South China Morning Post, jornal em língua inglesa publicado em Hong Kong.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas