Astrônomos descobrem planeta do tamanho da Terra em sistema vizinho

Planeta está muito próximo de sua estrela e acredita-se que seja extremamente quente para que possa abrigar vida

iG São Paulo | - Atualizada às

ESO/L. Calçada
Impressão artística mostra o planeta em órbita da Alfa Centauri B

Astrônomos descobriram um novo planeta com aproximadamente o mesmo tamanho da Terra e orbitando no sistema Alpha Centauri, vizinho ao sistema Solar. Ele é também o planeta mais iluminado já descoberto ao redor de uma estrela semelhante ao Sol.

"Este é o primeiro planeta com massa semelhante à Terra encontrado em torno de uma estrela como o Sol. A sua órbita encontra-se muito próxima da estrela e por isso o planeta deve ser extremamente quente para poder ter vida tal como a conhecemos," disse Stéphane Udry , do Observatório de Genebra e um dos autores do estudo publicado no periódico científico Nature.

Os astrônomos acreditam que o novo planeta pode estar inserido num sistema com vários outros planetas. "Este resultado representa um enorme passo em frente na detecção de um gêmeo da Terra, próximo ao sistema solarl. É uma descoberta extraordinária, a qual levou a nossa técnica ao limite", disse Xavier Dumusque, do Observatório de Genebra e autor principal do estudo.

Leia mais: Astrônomos amadores descobrem planeta com quatro sóis

Alpha Centauri é uma das mais brilhantes estrelas do céu visto no Hemisfério Sul, pois é o sistema mais próximo do Solar – apenas 4,3 anos-luz de distância. Na verdade é um sistema de três estrelas – um sistema que consiste de duas estrelas similares orbitando muito próximas umas das outras, chamadas de Alpha Centauri A e B, e a mais distante e fraca conhecida como Próxima Centauri.

Veja imagens do espaço

O planeta recentemente descoberto tem massa um pouco maior que a da Terra, orbita a cerca de seis milhões de quilômetros de distância da estrela, muito mais perto do que Mercúrio se encontra do Sol no nosso Sistema Solar.

Desde o século 19, astrônomos já especulavam sobre a possibilidade de planetas orbitarem estas estrelas e até mesmo ser vida além do sistema solar. Mas as pesquisas até agora não encontraram nada.

O planeta foi detectado com a ajuda do instrumento HARPS, montado no telescópio de 3,6 metros, instalado no Observatório de La Silla, no Chile. "As nossas observações, que se estendem ao longo de mais de quatro anos, obtidas com o instrumento HARPS, revelaram um sinal, minúsculo mas real, de um planeta que orbita Alfa Centauri B, cada 3,2 dias," diz Dumusque .

    Leia tudo sobre: espaçoastronomiaplanetaexoplaneta

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG