Rússia planeja primeira missão de 1 ano a bordo da Estação Espacial em 2015

Atualmente astronautas passam no máximo seis meses na ISS

Reuters |

Reuters

 A primeira missão de um ano a bordo da Estação Espacial Internacional deve começar em março de 2015, após acordo entre os países proprietários do complexo orbital, que antes mantinham astronautas por seis meses no local, disse o diretor da agência espacial russa nesta terça-feira.

O responsável por voos tripulados russos da estatal Roscosmos, Alexei Krasnov, disse que a decisão foi tomada nesta semana em Nápoles, na Itália, pelos participantes do Congresso Astronáutico Internacional.

Leia mais:  Rússia quer ampliar para 9 meses permanência de astronautas na ISS

A expedição com dois membros, um da Rússia e outro dos Estados Unidos, será um primeiro teste, e o resultado vai determinar se todas as missões serão ampliadas para um ano, segundo ele.

"A decisão fundamental foi tomada, só as formalidades restam por serem negociadas. Até agora, estamos falando de uma só missão", disse Krasnov à agência de notícias RIA.

Veja também: Astronautas podem sofrer problemas cerebrais após viagens longas

"Caso se prove efetiva, poderemos discutir com os países parceiros uma transição permanente dos voos de meio ano para voos de um ano."

Atualmente, a Rússia é o único país que realiza voos tripulados para a Estação, dando "caronas" pagas a astronautas de outras nações.

(Reportagem de Nastassia Astrasheuskaya)

    Leia tudo sobre: MUNDOCIENCIARUSSIAESPACO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG