Vídeo: Robô-prancha monitora tubarões no Pacífico

Equipamento, alimentado por energia solar, capta os sinais emitidos por animais que circulam a mais de 330 metros de distância

BBC |

BBC

O robô Wave Glider, alimentado por energia solar e parecido com uma prancha de surfe, vem sendo usado por cientistas para monitorar a fauna marinha do Oceano Pacífico.

Biólogos da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, usam o equipamento para detectar a presença de animais próximos à costa norte de San Francisco.

Veja os casos de ataque de tubarão este ano:
Mergulhador morre atacado por tubarão no oeste da Austrália

Tubarão mata bodyboarder em 'paraíso' de surfistas
Tubarão arranca perna de banhista na África do Sul
Tubarão de 500 kg pula dentro de barco na África do Sul
Ataques de tubarão ferem duas pessoas em dois dias na Rússia
Britânico morre em ataque de tubarão durante lua de mel nas Seychelles
Vídeo: pescador pega tubarão pelo rabo nos EUA

O que está acontecendo?
2010 foi recorde de ataques de tubarão na década
Estudo revela comportamento de tubarões na Flórida

O robô consegue captar sinais emitidos por tubarões que circulam a mais de 330 metros de profundidade e envia a sua localização exata aos cientistas via satélite.

Cientistas acreditam que este seja um passo fundamental na direção do que chamam de "oceano interconectado", quer dizer, um mar em cheio de receptores robóticos móveis, conectados a estações receptoras e transmissoras de dados.

    Leia tudo sobre: robôtubarões

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG