Manifestante morre atropelado em protesto em Ribeirão Preto

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Cerca de 20 mil pessoas protestaram pelas ruas da cidade do interior de São Paulo. Veja vídeo

Agência Estado

Um jovem de 18 anos morreu e outras 11 ficaram feridas após serem atropeladas por um veículo no cruzamento de duas avenidas na zona sul de Ribeirão Preto durante os protestos nesta quinta-feira. Segundo a Polícia Militar, nove pessoas foram socorridas por ambulâncias do Samu. O motorista fugiu sem prestar socorro.

Leia também: Manifestantes colocam fogo no Palácio do Itamaraty e tentam invadir o prédio

O protesto contava com cerca de 20 mil pessoas. Com megafones, os manifestantes gritavam "Vem pra rua!", slogan que virou hit nas ruas do País. Muita gente ia se juntando ao movimento, que começou com as pessoas cantando o Hino Nacional na esplanada do Theatro Pedro 2º, no coração da cidade.

Futura Press
Manifestantes saíram às ruas em Ribeirão Preto

Os manifestantes portavam cartazes, apitos, faixas e saíram fazendo muito barulho. A redução no valor da tarifa de ônibus é a principal reivindicação em Ribeirão. Na cidade, em fevereiro deste ano, o valor da passagem subiu de R$ 2,60 para R$ 2,90. Durante a manifestação foram também fechadas avenidas importantes, como Independência e a 9 de Julho. Na prefeitura, temendo vandalismo, câmeras foram instaladas em vários pontos.

Em Franca, a Polícia Militar já contabilizava 5 mil pessoas na manifestação por volta das 19h15. Apesar de pacífico, alguns problemas foram registrados, como vidros quebrados, bombas jogadas na prefeitura, pichações em vários pontos.

Em Araraquara, mesmo com a redução de 10 centavos na tarifa, 500 pessoas partiram do campus da Unesp em protesto. O mesmo ocorreu em Sertãozinho, onde mais de 200 se concentraram logo cedo no cruzamento das ruas Barão do Rio Branco e Aprígio de Araújo, que teve de ser interditado.

Leia tudo sobre: ribeirão pretomanifestação

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas