Bandidos queimam ônibus e atacam base da PM em Diadema

Primeira ação ocorreu pouco depois da meia-noite; policiais correram em direção aos suspeitos, mas não conseguiram detê-los

Agência Estado |

Agência Estado

Criminosos atearam fogo em um ônibus e tentaram atacar uma base da Polícia Militar, no início da madrugada deste sábado na cidade de Diadema, no Grande ABC. Não se sabe ainda se os dois casos têm relação um com o outro.

Grande São Paulo: PM é morto a tiros ao voltar para casa em Ferraz de Vasconcelos

Onda: Quatro policiais são mortos em São Paulo em uma semana

A primeira ação ocorreu à 0h05 na esquina entre as avenidas dos Signos e Afonso Monteiro da Cruz, no Parque Real, próximo ao limite com a capital paulista. Dois homens armados, aproveitando a parada do ônibus para pegar um passageiro, aproximaram-se do coletivo, da Viação Benfica, que fazia a linha 21DP (Terminal Diadema - Terminal Piraporinha), e obrigaram o motorista a pará-lo.

Capital: Bandidos fazem arrastões em mais dois restaurantes em São Paulo

O condutor, a cobradora e o passageiro, que já havia entrado, foram obrigados a descer e assistiram a dupla incendiar o veículo utilizando gasolina que estava em um galão de 5 litros. O motorista acredita que o desconhecido que deu sinal e entrou no coletivo seja comparsa da dupla e passou-se por passageiro apenas para forçar o ônibus a parar no ponto. O caso, segundo a PM, seria registrado no 1º Distrito Policial da cidade. Ninguém ficou ferido ou foi preso.

Quase meia hora depois, dois homens incendiaram um Fiat Uno e empurraram o veículo, ainda em chamas, em direção a uma base móvel da 3ª Companhia do 24º Batalhão instalada na esquina da Rua José Bonifácio com a Avenida Nossa Senhora das Graças, no bairro Serraria. O Fiat acabou batendo contra um segundo veículo a caminho da base e não chegou a atingir o posto policial nem as viaturas da PM que estavam reunidas próximo à base.

Diadema: Menino é queimado com produto químico após discutir com madrasta

Os PMs ainda correram em direção aos suspeitos, que não foram detidos. Um segurança de rua que testemunhou o ocorrido afirmou que ouviu disparos de arma de fogo no momento em que os policiais tentavam alcançar os criminosos. O caso seria encaminhado para o 3º Distrito Policial da cidade segundo a PM.

    Leia tudo sobre: diademabandidosfogoônibuscrimesão pauloabc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG