Marcha para Jesus reúne 300 mil fiéis no centro do Rio de Janeiro

"Daqui a dois ou três anos a marcha do Rio vai ser a maior do Brasil", diz Silas Malafaia

iG Rio de Janeiro |

Luiz Roberto Lima/Futura Press
Silas Malafaia: "Daqui a dois ou três anos a marcha do Rio irá ultrapassar a de São Paulo"
Cerca de 300 mil pessoas, de acordo com a organização, participaram neste sábado (19) da Marcha para Jesus, no centro do Rio de Janeiro. O evento teve início por volta das 14h na Central do Brasil e seguiu até a Cinelândia, onde um palco foi montado em frente à Câmara dos Vereadores. A marca de público confirmou a expectativa da organização que queria superar o número de 200 mil pessoas, alcançado na edição do ano passado.

Leia também: “Tenho pastores que ganham entre R$ 4 e 22 mil", diz Silas Malafaia

Luiz Roberto Lima/Futura Press
Jovem participa da Marcha para Jesus no Rio
“Acredito que daqui a dois ou três anos a marcha do Rio irá ultrapassar a de São Paulo , tomando o posto de maior marcha do Brasil”, avaliou ao iG o pastor Silas Malafaia , líder da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, que presidiu o evento religioso.

De acordo com Malafaia, a Marcha para Jesus é baseada em quatro princípios: em favor da liberdade de expressão, da vida, da liberdade religiosa e da família tradicional. “Estamos introduzindo nela são as posições que acreditamos. Antigamente ela era apenas uma marcha profética para abençoar a cidade”, explicou o pastor.

O evento religioso contou com sete trios elétricos e participações de cantores evangélicos, entre eles, Régis Danese , Eyshila , PG e Ministério Apascentar . Além de Silas Malafaia, também pregaram na marcha os pastores Abner Ferreira, Marco Antônio e Marcus Gregório.

Trânsito

Um esquema especial de tráfego foi implementado no centro do Rio para a realização do evento. Interdições em algumas das principais vias da região começaram às 4h e permaneceram durante toda a marcha.

Essa operação, segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, contou com a participação de 120 agentes de trânsito, entre Guardas Municipais e controladores da CET-Rio, e 90 apoiadores contratados pelos organizadores do evento, que trabalharam para efetuar os bloqueios viários, manter a fluidez, coibir o estacionamento irregular, ordenar os cruzamentos, além de orientar pedestres e a chegada e saída de ônibus.

*com informações da Agência Estado

Luiz Ackermann / Agência O Globo
A Marcha para Jesus é em favor da liberdade de expressão, religiosa, da vida e da família tradicional

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG