Por erro de enfermeira, menino de 2 anos ingere ácido no lugar de anestésico de BH

Criança deveria receber sedativo para passar por uma tomografia, mas recebeu um ácido usado para cauterização de verrugas

AE |

selo

Um menino de 2 anos ingeriu ácido usado para cauterização de verrugas no lugar de sedativo em um hospital de Belo Horizonte, em Minas Gerais, no último domingo. Segundo o Hospital Felício Rocho, para onde a criança foi transferida, ele está internado em estado grave na UTI neonatal. Nesta quarta-feira, a criança passou por uma cirurgia de vídeo laparoscopia.

São Paulo: Enfermeira aplica vaselina no lugar de soro em menina

De acordo com o hospital onde ele está internado, o menino chegou ao Hospital São Camilo na noite do domingo, após ter sofrido uma queda. O menino, que apresentava muita irritação, seria submetido a uma tomografia do cérebro para detectar algum problema.

Durante o procedimento para o exame, uma técnica em enfermagem do hospital aplicou tricloro de acético, ácido usado para cauterização de verrugas, no lugar de um sedativo.  O garoto passou mal e foi transferido para o Hospital Felício Rocho para ser submetido a uma endoscopia digestiva, que comprovou queimações na boca, laringe e esôfago. 

De acordo com o hospital, a cirurgia de vídeo laparoscopia teve início às 10h30 desta quarta-feira e uma sonda gástrica para alimentação poderá ser colocada na criança. Uma tomografia foi feita antes da cirurgia, comprovando que não havia nenhuma anormalidade no cérebro.

    Leia tudo sobre: acidohospitalerro médico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG