Morre estudante que caiu de viaduto durante protesto em Belo Horizonte

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Jovem de 21 anos caiu após tentar pular de uma pista do viaduto. Encaminhado ao hospital ele não resistiu

O estudante Douglas Henrique Oliveira, de 21 anos, que caiu de um viaduto durante manifestações em Belo Horizonte na quarta-feira, morreu na madrugada desta quinta, informou o Hospital João 23, da capital mineira. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, o jovem sofreu múltiplas fraturas e chegou ao hospital em estado gravíssimo. Esta é a primeira vítima fatal desde o início dos protestos na capital mineira, que têm sido violentos, com confrontos entre manifestantes e policiais.

Manifestantes voltam às ruas de BH e têm novo confronto com a PM
Brasília:
Manifestação tem confronto com a PM e 30 são presos 

Veja abaixo o vídeo que mostra o momento da queda do estudante:

Segundo testemunhas, o rapaz tentou pular de uma pista do viaduto para outra, mas caiu no vão que há no meio do viaduto. Ele foi levado de helicóptero pelo Corpo de Bombeiros para o HPS com fraturas múltiplas e traumatismo craniano e foi submetido a cirurgia, mas não resistiu.

O acidente ocorreu no fim da tarde, por volta das 16h40, quando um grupo de vândalos protagonizava um embate com os militares que faziam a segurança no entorno do Mineirão, onde o Brasil enfrentava o Uruguai por uma das semifinais da Copa das Confederações.

Além de Douglas, o Daniel de Oliveira Martins, de 28, também caiu do viaduto durante o tumulto, mas foi socorrido com quadro menos grave, sem risco de morte.

Veja fotos da manifestação de quarta-feira:

Grupo violento de manifestantes coloca fogo em objetos em rua de Belo Horizonte. Foto: Oslaim Brito/Futura PressConfronto desta quarta-feira (26) teria começado após a chegada ao estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. Foto: Marcus Vieira/O Tempo/Futura PressConfronto desta quarta-feira (26) teria começado após a chegada ao estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. Foto: Marcus Vieira/O Tempo/Futura PressConcentração ocorreu na Praça Sete, centrode BH. Após voto, manifestantes caminharam em direção ao Mineirão. Foto: Lucas Prates/Hoje em Dia/Futura PressReforço da segurança antes da partida entre Brasil e Uruguai no estádio Mineirão em Belo Horizonte (MG), nesta quarta-feira (26). Foto: Futura PressReforço da segurança antes da partida entre Brasil e Uruguai no estádio Mineirão em Belo Horizonte (MG), nesta quarta-feira (26). Foto: Futura PressMovimentação da torcida antes da partida entre Brasil e Uruguai no estádio Mineirão em Belo Horizonte (MG), nesta quarta-feira (26). Foto: Futura PressMovimentação da torcida antes da partida entre Brasil e Uruguai no estádio Mineirão em Belo Horizonte (MG), nesta quarta-feira (26). Foto: Futura PressProtesto de moradores do bairro Castanheiras bloqueia o km 302 da MG-262, em Sabará (MG). Foto: Denilton Dias/O Tempo/Futura PressProtesto de moradores do bairro Castanheiras bloqueia o km 302 da MG-262, sobre o trevo que leva ao bairro General Carneiro em Sabará (MG). Foto: Futura PressProtesto de moradores do bairro Castanheiras bloqueia o km 302 da MG-262, sobre o trevo que leva ao bairro General Carneiro em Sabará (MG). Foto: Futura PressProtesto de moradores do bairro Castanheiras bloqueia o km 302 da MG-262, sobre o trevo que leva ao bairro General Carneiro em Sabará (MG). Foto: Futura PressProtesto de moradores do bairro Castanheiras bloqueia o km 302 da MG-262, sobre o trevo que leva ao bairro General Carneiro em Sabará (MG). Foto: Futura Press


Polícia reage a provocação de manifestantes em frente ao Congresso
Manaus:
Após protesto, prefeito anuncia redução da tarifa pela 2ª vez

Nos três confrontos ocorridos em manifestações na capital - que seguiam a onda de protestos que assolou dezenas de cidades pelo País nos últimos dias - seis pessoas caíram do viaduto José Alencar.

A estrutura é a via de acesso da avenida Presidente Antônio Carlos para o Mineirão e foi onde tiveram início os tumultos registrados na segunda-feira, 17, no sábado, 22, e ontem.

Por meio de nota, o governador de Minas, Antonio Anastasia (PSDB), lamentou a morte do estudante e prestou solidariedade à família e amigos do jovem neste "momento de extrema dor".

Leia tudo sobre: protestosmanifestaçãobelo horizonteestudanteconfrontopm

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas