Equipe de manutenção da empresa responsável pela energia elétrica de 31 municípios do estado foi rendida durante conserto na zona norte da cidade

Funcionários da Light foram sequestrados na zona norte para consertar a distribuição de energia no Morro do Engenho
Divulgação/Twitter Light
Funcionários da Light foram sequestrados na zona norte para consertar a distribuição de energia no Morro do Engenho

Uma equipe de manutenção da Light foi sequestrada por criminosos no Morro do Engenho, em Inhaúma, na zona norte do Rio de Janeiro . O motivo do sequestro foi justamente uma falha na energia elétrica e o caso aconteceu na noite desta sexta-feira (16).

Leia também: Presença de militares do Exército no RJ poderá gerar incômodo, afirma coronel

Segundo a denúncia de um morador do entorno da comunidade, dois funcionários faziam o conserto de uma falha na rede elétrica da Light na Travessa Marques da Cruz, quando bandidos armados os renderam. O denunciante presenciou a ação, mas preferiu naõ se identificar. As informações são da rádio BandNews .

Ainda de acordo com a testemunha escutada, os criminosos obrigaram os profissionais a seguir até o Morro do Engenho e restabelecer a energia na comunidade. A cena do crime foi próxima à favela e o sequestro aconteceu por volta das 22h.

Durante o episódio, os funcionários chegaram a solicitar para a concessionária a presença de um caminhão de manutenção no Morro do Engenho. Por fim, as duas vítimas foram soltas depois que o serviço no local foi normalizado. O caso foi confirmado neste sábado (17), pela companhia.

Em nota, além deste episódio, a empresa de energia fluminense confirmou que outras equipes foram sequestradas, mas também sem desdobramentos graves. Além disso, não foi informado em que locais os outros funcionários foram raptados.

Consequências do grave temporal no Rio

Hoje – assim como nos últimos dias – o  Rio de Janeiro vive momentos de intenso trabalho de recuperação após o forte temporal que maltratou a cidade na madrugada da última quinta-feira (15).

De acordo com a prefeitura, será preciso cerca de uma semana para normalizar totalmente todos os locais impactados pela tragédia, isso se não chover mais durante a semana. 

Com relação à queda de energia, a empresa fluminense informou que as áreas mais críticas são as regiões de Campo Grande e Jacarepaguá, na zona oeste, e a Ilha do Governador, na zona norte. A concessionária informou que os reparos são dificultados pelas árvores caídas sobre a rede de energia elétrica .

 A Light é a companhia responsável pela distribuição de energia elétrica na cidade do Rio de Janeiro (seu maior pólo consumidor), além de boa parte da Baixada Fluminense – exceto o município de Magé. Ao todo, 31 municípios do estado são atendidos pela empresa. 

Leia também: Trecho da ciclovia Tim Maia desaba após fortes chuvas no Rio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.