Dados apenas de maio apontam ainda um aumento desse tipo de crime no Rio de Janeiro em comparação com o mesmo período do ano passado

A violência do Rio de Janeiro choca cada vez mais. De acordo com dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública, de janeiro a maio deste ano, 2,942 mil pessoas foram mortas em decorrência a crimes contra a vida só no Estado, um aumento de 414 mortes, ou 16,4%, em relação a 2016.

Leia também: Grávida é atingida durante tiroteio em comunidade do Rio; bebê em estado grave

Maior parte das mortes que ocorreram no Rio de Janeiro foram em decorrência de homicídios dolosos: total de 2.329
André Gomes de Melo/ GERJ
Maior parte das mortes que ocorreram no Rio de Janeiro foram em decorrência de homicídios dolosos: total de 2.329

Os dados de maio apontam ainda um aumento desse tipo de crime no Rio de Janeiro em comparação com o mesmo período do ano passado. Chamada letalidade violenta, a soma das mortes registradas em homicídios dolosos, latrocínios, lesões corporais seguidas de morte e homicídios decorrentes de oposição à intervenção policial aumentou 14,4%, chegando a 541 casos em maio deste ano.

A maior parte, 2.329 pessoas, foi vítima de homicídio doloso, um aumento de 11% em relação a 2016. Em números absolutos, houve 230 homicídios dolosos a mais que nos mesmos meses do ano passado. O crime de latrocínio, que é o roubo seguido de morte , também aumentou, de 89 casos no período acumulado em 2016 para 120 casos nos primeiros cinco meses de 2017 – um crescimento que chega a 34,8%.

Leia também: Manifestações bloqueiam vias do Rio e fazem cidade entrar em estágio de atenção

A lesão corporal seguida de morte caiu de 15 casos em 2016 para 13 casos em 2017. O número de policiais civis e militares mortos em serviço também teve queda, de 15 para 14.

Os homicídios culposos no trânsito cresceram nos primeiros cinco meses de 2017, de 709 para 848 casos – o que corresponde a uma alta de 19,6%. Essa ocorrência, entretanto, não entra no somatório de casos que compõem a letalidade violenta.

Maio

Apenas em maio, foram comunicados 424 homicídios dolosos no Estado, um crescimento de 14,9% em relação a maio de 2016. O mês teve 19 vítimas de latrocínio e 97 mortos em intervenções policiais.

Leia também: Mulher invade Palácio do Jaburu, residência de Temer, e é detida após disparos

Foi registrada a morte de um policial em serviço no Rio de Janeiro no mês e um caso de lesão corporal seguida de morte. No trânsito, foram 181 homicídios culposos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.