Temperatura máxima registrada em São Paulo nesta sexta-feira foi a quinta maior da história de estação no Inmet. No Rio de Janeiro, termômetros beiraram os 41ºC

As duas maiores cidades do Brasil registraram muito calor nesta sexta-feira (07). Com 36,4°C registrados na estação convencional do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a capital paulista teve a maior temperatura máxima do ano, a quinta maior do Mirante de Santana desde que começaram as medições em 1943. No Rio, o calor foi ainda maior: 40,8°C.

Meteorologia: Tanto tempo com calor e sem chuva é fenômeno anormal

O Rio de Janeiro repetiu nesta tarde a maior temperatuda do ano. Os 40,8°C registrados pelo Inmet foi a mesma coletada na estação de Santa Cruz, na zona oeste, na terça-feira (04). A solução dos cariocas foi se refrescar nas praias.

Já em São Paulo, o valor de 36,4ºC superou o recorde anterior que era de 35,9°C, registrado em 1º de fevereiro de 2014, que já era a maior temperatura máxima desde outubro de 2012. A maior registrada é de 37°C, em 20 de janeiro de 1999. 

Mais:
Sem chuvas, Sabesp faz alerta para falta de água em São Paulo
Forte calor ainda deve durar mais duas semanas no Brasil
São Paulo registra o mês mais quente da história

E os próximos dias ainda devem ser de muito calor na capital paulista. O sábado (08) segue quente e ensolarado. Os termômetros devem variar entre mínimas de 23ºC e máximas que podem superar os 35ºC. Nas horas mais quentes a umidade relativa do ar pode atingir valores em torno dos 30%. Entre o final da tarde e o início da noite a chegada da brisa marítima causa aumento de nebulosidade e pancadas isoladas de chuva.

No domingo (09) persistem as condições de sol e calor na cidade. Os termômetros variam entre mínimas de 24ºC e máximas de 36ºC, enquanto que a umidade relativa do ar pode atingir valores em torno dos 30% nas horas mais quentes. No final do dia a nebulosidade aumenta com a entrada da brisa marítima, porém as chuvas ainda ocorrem de forma rápida e isolada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.