Tempestade provoca pânico a bordo de navio de cruzeiro com brasileiros

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Embarcação teve inclinação de sete graus, foi invadida pelas águas e teve de cancelar escala em Montevidéu

Passageiros brasileiros que estavam a bordo do navio de cruzeiro Splendour Of The Seas, de propriedade da Royal Caribbean, relataram momentos de pânico e tensão por causa de uma tempestade que a embarcação enfrentou no rio da Prata, entre a Argentina e o Uruguai. Eles chegaram ao Brasil neste domingo (26), no porto de Santos.

Conheça a home do Último Segundo

O Splendour of the Seas, de propriedade de Royal Caribean, enfrentou severa tempestade no rio da Prata. Foto: DivulgaçãoCom passageiros brasileiros, cruzeiro Splendour of the Sea enfrenta tempestade no rio da Prata. Foto: DivulgaçãoCom passageiros brasileiros, cruzeiro Splendour of the Sea enfrenta tempestade no rio da Prata. Foto: DivulgaçãoCom passageiros brasileiros, cruzeiro Splendour of the Sea enfrenta tempestade no rio da Prata. Foto: DivulgaçãoCom passageiros brasileiros, cruzeiro Splendour of the Sea enfrenta tempestade no rio da Prata. Foto: DivulgaçãoCom passageiros brasileiros, cruzeiro Splendour of the Sea enfrenta tempestade no rio da Prata. Foto: DivulgaçãoCom passageiros brasileiros, cruzeiro Splendour of the Sea enfrenta tempestade no rio da Prata. Foto: DivulgaçãoCom passageiros brasileiros, cruzeiro Splendour of the Sea enfrenta tempestade no rio da Prata. Foto: DivulgaçãoCom passageiros brasileiros, cruzeiro Splendour of the Sea enfrenta tempestade no rio da Prata. Foto: DivulgaçãoCom passageiros brasileiros, cruzeiro Splendour of the Sea enfrenta tempestade no rio da Prata. Foto: ReproduçãoCom passageiros brasileiros, cruzeiro Splendour of the Sea enfrenta tempestade no rio da Prata. Foto: Divulgação


O vento forte e a chuva destruíram bebidas e pratos, e forçaram os passageiros a se fecharem em suas cabines. Segundo informações, a tempestade provocou uma inclinação de sete graus na embarcação, o que provocou uma reunião de emergência com o comandante do navio, onde foram explicados os procedimentos para enfrentar a situação. Alguns passageirows disseram que, informalmente, o comandante mencionou que a inclinação chegou a dez graus.

Por causa da inclinação, a água invadiu o navio, provocando pânico entre os
passageiros, vários deles crianças. A tripulação decidiu cancelar a escala programada para Montevidéu e seguiu direto para Santos, seu destino final.

“Muitas pessoas gritavam que o navio ia afundar, e todos iam morrer”, disse, à TV Tribuna, a passageira Natália Alves.

Em nota, a Royal Caribbean International confirmou a tempestade e a inclinação, e disse estar à disposição para mais esclarecimentos sobre o ocorrido. A empresa disse ainda lamentar "que isso possa ter afetado de alguma forma a experiência de seus passageiros."

Outro navio que deixou Santos com destino a Punta del Este e Buenos Aires foi atingido pela intempérie. De acordo com a Pullmantur, a, embarcação Empress enfrentou a tempestade em alto mar, na Bacia do Prata. A companhia diz que o trajeto foi realizado em segurança.

Leia tudo sobre: navioembarcação

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas